Dicas 06/10/2017 - 08h00

Copos e taças: seis modelos ideais para certas bebidas

Para além da estética, é importante atentar para os diferentes tipos de copos e taças ao servir bebidas. O item adequado preserva as características de cada líquido, garantindo uma melhor experiência na degustação
notícia 0 comentários
DictSql({'grupo': 'Especial para O POVO', 'id_autor': 19099, 'email': 'gabrielacustodio@opovo.com.br', 'nome': 'Gabriela Cust\xf3dio'})
Gabriela Custódio gabrielacustodio@opovo.com.br
DictSql({'grupo': '', 'id_autor': 19148, 'email': 'heloisavasconcelos@opovo.com.br', 'nome': 'Heloisa Vasconcelos'})
Heloisa Vasconcelos heloisavasconcelos@opovo.com.br
Stas Walenga / Shutterstock

Tulipa, bordeaux ou long drink. Na hora de servir uma bebida, alcoólica ou não, é preciso saber qual copo ou taça escolher. O gargalo de cada tipo é diferente e influencia diretamente na forma como a bebida entra na boca e toca as áreas da língua. A variedade de copos e taças que existem no mercado serve para proporcionar ao consumidor, além da estética, um prazer maior na degustação. Ao utilizar um recipiente não apropriado, características como doçura, acidez, aroma e sabor frutal podem ser facilmente perdidas.

"Se eu colocar um vinho branco em um copo de vinho tinto, ao fim de alguns minutos, o vinho branco novo perde suas características da fruta, os aromas terceirizados tomam conta dele e acabo bebendo qualquer coisa parecida com uma água aromatizada", exemplifica Jorge Bita, gerente de alimentos e bebidas do Hotel Gran Marquise.

As Revistas O POVO consultaram o gerente para indicar seis tipos de copos e taças de formatos variados e as bebidas que devem ser consumidas em cada um deles. Confira:

Camila de Almeida / O POVO
Taça bordeaux

1. Taça Bordeaux
Indicada para os vinhos tintos e mais encorpados. Por serem mais velhas, essas bebidas precisam de um maior grau de oxidação para garantir uma melhor degustação. Um copo grande, com uma larga abertura, como a taça bordeaux, permite isso sem deixar que os aromas se percam. Essa taça não é indicada para vinhos brancos e novos, pois a grande abertura faz com que as características frutais próprias da bebida se percam.
Camila de Almeida / O POVO
Taça de vinho branco

2. Taça de vinho branco
Com um corpo menor que a do vinho tinto, essa taça (ver foto), como o nome diz, é indicada para vinhos brancos e para alguns tipos de vinho rosé mais novos. O diâmetro da abertura é menor para ajudar a oxigenação (que precisa ser menor em vinhos novos) e evitar que os aromas se percam. O formato também ajuda na introdução da bebida à boca no sentido da língua, para que a doçura e a acidez frutal sejam sentidas da melhor forma.
Camila de Almeida / O POVO
Taça de espumante

3. Taça de espumante
Para servir um champanhe ou um espumante, umas das características mais importantes são a altura e o diâmetro da taça, a fim de permitir a explosão de dióxido de carbono, própria da fermentação dessa bebida. Com características adequadas, esta taça permite que toda a cremosidade da espuma de um bom espumante possa se manifestar. Por ser fina, a taça também direciona os aromas do líquido para o nariz de quem está degustando, permitindo maior apreciação.
Camila de Almeida / O POVO
Copo long drink

4. Copo long drink
Em formato cilíndrico, o copo long drink é multifacetado e utilizado no mundo inteiro para servir grande variedade de bebidas, sejam elas simples ou compostas. Esse modelo é utilizado tanto para servir coquetéis quanto bebidas ingeridas no dia a dia – como água, sucos e vitaminas.
Camila de Almeida / O POVO
Taça tulipa

5. Taça tulipa
Pelo seu formato, é uma taça indicada para a apreciação das características das tão famosas cervejas de malte. Além disso, também é adequada para a degustação do vinho rose encorpado. A abertura larga permite que a bebida se espalhe pela boca e o formato em tulipa deixa o ar entrar em um ângulo que permite a oxidação do vinho sem retirar suas características. Além disso, também pode ser utilizada para servir coquetéis como piña colada e blue lagoon etc.
Camila de Almeida / O POVO
Copo de prova

6. Copo de prova
Um dos copos mais importantes, entre todos os modelos. Nele, todas as bebidas citadas anteriormente são degustadas no momento da análise das características organolépticas (cor, sabor, odor e aspecto visual) de cada uma delas. Com ele, se atesta se as bebidas estão ou não em devidas condições para consumo. Também pode ser utilizado para servir bebidas premium, como alguns tipos de conhaque, whisky e destilados porque sua abertura pequena evita que o álcool evapore rapidamente.

 

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

Especialista dá dicas sobre saúde masculina play

Especialista dá dicas sobre saúde masculina

anterior

próxima

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS