Desfiles 08/09/2016

Milhares de pessoas se reúnem pelo País para celebrar o 7 de Setembro

Em Brasília, população fez questão de demonstrar orgulho que sente pelo Brasil. Atletas foram atração no Rio. Em SP, 8 mil pessoas foram à parada
notícia 0 comentários
MARCELO CAMARGO/ABR
As arquibancadas montadas na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para o 7 de Setembro ficaram lotadas

O desfile do 7 de Setembro representou uma oportunidade para que os cidadãos brasileiros manifestassem, em todo o país, o patriotismo que sentem. Em Brasília, as arquibancadas montadas na Esplanada dos Ministérios ficaram lotadas por pessoas que faziam questão de mostrar que o amor pelo Brasil continua em alta, apesar das incertezas do momento político atual.

 

“Foi muito interessante essa experiência de ver tanta gente demonstrando patriotismo, apesar do momento político pelo qual passa o país”, disse a servidora pública Ana Lúcia Viana, de 38 anos. Para Tatiane Santos, de 40 anos, participar desse desfile é, “acima de tudo”, uma atitude patriota. “Faço isso com muito orgulho. Quem tem de ter vergonha de manifestar patriotismo são os nossos políticos, porque são eles os que mais mal fazem ao nosso país. Eles nos envergonham”, disse a dona de casa.


O desfile cívico militar do Amazonas levou aproximadamente 10 mil pessoas ao sambódromo de Manaus no dia da Independência do Brasil.


O evento começou por volta de 8h15min da manhã com a apresentação de paraquedistas do Exército e da banda de música do Comando Militar da Amazônia (CMA). Além dos cerca de 4 mil homens das Forças Armadas do Brasil, participaram da parada militares do Peru e da Colômbia, países que fazem fronteira com o estado.

BETO BARATA/ABR
Tradicional pirâmide humana em moto também foi atração em Brasília

Houve ainda desfile de um grupo de indígenas e de veículos motorizados do Exército, da Marinha, da Aeronáutica e do Corpo de Bombeiros. O evento durou cerca de uma hora e meia.

CAROLIONA ANTUNES/ABR
Temer participou de primeira solenidade aberta como presidente

A maioria do público foi à solenidade para prestar uma homenagem ao país, como o engenheiro mecânico Sebastião Júnior. “Sempre acompanho o desfile militar porque é uma data cívica bastante importante para o nosso calendário e também para prestar uma homenagem a nossa pátria”, diz.


Rio e São Paulo

As comemorações pelo desfile cívico de 7 de Setembro, no Rio de Janeiro, foram abertas pelo terceiro sargento do Exército Felipe Wu - medalhista de prata na prova de pistola de 10 metros de ar comprimido no Jogos Olímpicos Rio 2016 - que conduziu o Fogo Simbólico da Pátria, acompanhado de um grupamento formado por cerca de 20 atletas militares de alto rendimento.

 

Ao falar da medalha olímpica, o atleta ressaltou a importância do Exército para sair vitorioso, em seu País, e subir ao pódio. “Ser um atleta militar foi o grande diferencial. Eu entrei em 2013 (no Exército), a partir de um edital de convocação em que fui selecionado. E, desde então, o meu nível técnico melhorou muito e, com ele, também os meus resultados. É muito importante para a minha carreira todo o apoio que recebo do Exercito, e não só na questão do salário, mas também de toda a estrutura de material e apoio para treinamento”.


Em São Paulo, o tradicional desfile do Dia da Independência ocupou o Sambódromo do Anhembi, na Zona Norte de São Paulo. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assistiu evento do palanque.


Integrantes da Força Expedicionária Brasileira que lutaram na Segunda Guerra Mundial, veteranos da Revolução de 1932 e oficiais que participam das missões de paz da ONU avançaram na passarela do samba.


Neste ano, o evento comemorou os 194 anos da independência do Brasil com participação de 8 mil pessoas na parada. As arquibancadas foram lotadas pelo público.

> TAGS: desfiles
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: HTTP Error 404: Not Found