O POVO LOUNGE 20/01/2018 - 08h00

Listamos quatro veículos de luxo para uma garagem dos sonhos

Range Rover Sport SVR, Audi A5 nova geração, John Cooper Works Countryman ALL4 e Harley-Davidson CVO Road Glide são modelos que agradam a diferentes gostos e estilos, mas têm uma coisa em comum: a sofisticação
notícia 0 comentários
{'grupo': ' ', 'id_autor': 16338, 'email': 'leal@opovo.com.br', 'nome': 'Joc\xe9lio Leal'}
Jocélio Leal leal@opovo.com.br
DIVULGAÇÃO

Decidimos ocupar nossa garagem dos sonhos com exemplares à altura. Em comum, serem capazes de virar seu pescoço e encantar até parados. Temos opções para paladares bem distintos: da exuberância do Range Rover SVR ao minimalismo do Mini. Do charme do Audi A5 ao prazer de pegar a estrada em uma Harley-Davidson CVO Road Glide. Dirigi-los é um prazer para poucos. Portanto, merece ser celebrado. Deguste-os.

Foto: Aurélio Alves

LAND ROVER
Range Rover Sport SVR

Com 550 cavalos, câmbio de oito marchas e design ultraesportivo, o SVR é um belo exemplar da raça de SUVs. Testamos em Fortaleza. Um Range Rover Sport SVR leva a sério a condição de utilitário. Para ele, não há destino proibido. Ademais, prima pelo design esportivo. Traduzindo, é um Sport Utility Vehicle mesmo, muito bonito e valente. Faz de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos, conforme o fabricante. Coisa de esportivo pra valer. Ora vejam: quase empata com o Jaguar F-Type R, com 4,3 segundos. O motor é idêntico: o V8 5.0 de 550 cv e o câmbio automático de oito marchas ZF. São 2.335 kg de SVR, mas não há, por assim dizer, tanta diferença em termos de desenvoltura.

O Range Rover Sport SVR é filho da Special Vehicle Operations (SVO), uma divisão afim das similares dos concorrentes premium, como AMG (Mercedes), M (BMW) e RS (Audi). Todos os modelos que passam pela SVO têm o logotipo SVR. É um brasão de família. Ok. Mas quem compra um SUV quer lama. Ele tem Terrain Response ajustado para off-road. Com a função, a suspensão sobe para 27,2 cm. A distribuição de tração entre os eixos é inteligente. O carro cuida de ajustar o regime de tração a cada tipo de piso (lama, pedra, areia ou asfalto). Sim, há nos demais modelos Land Rover.

Mas, se estamos falando de um esportivo mesmo, como não ter bancos em forma de concha? Sim, elas estão lá nos bancos da frente e também nos de trás. E esse conforto implica preço. Quem senta no meio sente que falta espaço. Noutros termos, a capacidade é para cinco, porém a pessoa do meio não vai sair elogiando o conforto tanto quanto os outros quatro. Seguro, o Range Rover Sport SVR tem oito airbags. Possui controles de tração e estabilidade, assistente em declives de frenagem em curvas, suspensão pneumática adaptativa, ar condicionado em quatro zonas, rodas de 21 polegadas e volante multifuncional em couro, com aquecimento e borboletas atrás do volante.

No uso urbano, os providenciais sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, assistente de estacionamento e monitoramente de pontos cegos. Ele possui também controle de cruzeiro adaptativo. A central multimídia oferece tela sensível ao toque de oito polegadas com sistema de navegação, TV Digital, Bluetooth e entrada USB e auxiliar. Uma bossa só dele. Ali ao lado do câmbio, com um aperto de botão, é possível alterar o ruído do motor. É divertido e, decerto, faz a alegria de quem adora sentir a sinestesia da potência. O efeito é obtido por meio de uma equação que envolve o fluxo dos gases no escapamento. Tudo legal, mas convém não abusar.

Esqueça aquele monte de cromados. Os faróis têm máscara negra e o que há de peça plástica tem acabamento preto brilhante. No capô está escrito Range Rover. Na traseira, nada de Land Rover. O SVR traz a sigla. Sabe como é...

Por onde rodamos em Fortaleza, a mesma reação com o pescoço. As pessoas olham e puxam assunto. No estacionamento ou no semáforo. O manobrista traz com gosto. Rodar com o SVR é a certeza de chamar a atenção. É discreto, tímido e adora chegar e sair dos lugares em ser notado? Não é carro para você. Por esta razão ou pelos R$ 696.096,00 iniciais.

Quanto custa: R$ 696.096,00

Foto: Divulgação

AUDI
A5 nova geração

Não seria justo deixar de fora desta garagem o novo Audi A5. A nova geração apresentada em julho passado é, no dizer da montadora, atlética, esportiva e elegante. Em verdade, adjetivos à parte, o carro é mesmo impressionante. Fora a, digamos, beleza exterior, o modelo traz novo chassi, motor respeitável, sistemas de entretenimento, de informação e de assistência ao motorista a destacar. O carro chegou ao Brasil na carroceria Sportback com quatro opções de acabamento: Attraction e Ambiente, equipadas com motor 2.0 TFSI de 190 cv, e Ambition e Ambition plus, que trazem o 2.0 TFSI com 252 cv. O motor 2.0 TFSI à gasolina com 1.984 cm³ de cilindrada equipa o novo A5 Sportback. As quatro versões contam com transmissão S tronic de sete velocidades, com dupla embreagem e trocas de marchas quase instantâneas.

Quanto custa: entre R$ 189.900,00 e R$ 268.990,00

Foto: Divulgação

JOHN COOPER WORKS
Novo Mini é mais

A versão mais potente do maior e mais versátil modelo Mini, o John Cooper Works Countryman ALL4, chegou ao Brasil por R$ 213.950. Há razões para o preço. O motor de quatro cilindros turbo entrega 231 cv de potência e 350 Nm de torque. Este rapaz combinado com um sistema de tração integral ALL4 e uma construção robusta e promete fazer da experiência ao volante algo especial. Quem duvida? Conforme a fabricante, o novo Mini John Cooper Works Countryman ALL4 vai do 0 aos 100 km/h em apenas 6,5 segundos, com auxílio de uma transmissão automática esportiva Steptronic, de oito marchas. A velocidade máxima atinge 234 km/h. Uma inovação embarcada no novo Mini John Cooper Works Countryman ALL4 é o Mini Find Mate, tecnologia capaz de localizar utensílios conectados ao dispositivo, como chaveiros, cases, malas etc.

Quanto custa: R$ 213.950,00

Foto: Divulgação

HARLEY-DAVIDSON
Que tal uma super duas rodas?

A nova linha 2018 da Harley-Davidson traz o que a icônica marca norte-americana define como a mais robusta série de motocicletas Touring que a companhia já produziu em mais de 100 anos de história. É: não diriam isto à toa. Os novos modelos esmeram-se pelo conforto e luxo. O resultado é outro prazer de quem tem uma, o de chamar a atenção tanto nas ruas da cidade quanto nas estradas. A Road Glide Special, a Road Glide Ultra e a CVO™ Road Glide são os lançamentos Touring que chegam ao mercado brasileiro. Já a Street Glide Special possui estilo blacked-out e foi reestilizada para fazer parte da linha 2018.

Os modelos Custom Vehicle Operations (CVO) tiveram a potência do Screamin’ Eagle aumentadas e são equipados com o novo motor Milwaukee-Eigh 117 (1.923 cc) que fornece até 166 Nm de torque. É o motor com maior cilindrada já utilizado em uma motocicleta Harley-Davidson de fábrica. Os modelos CVO™ são exclusivos e as motocicletas deste ano apresentam as mais diferenciadas pinturas já criadas pela Harley-Davidson. Também é novidade aos dois modelos a avançada tecnologia wireless de comunicação integrada que possui um módulo de interface por meio de headsets Bluetooth, que permite a comunicação entre piloto e garupa e com até dez motocicletas. Sim, a Harley é gregária.

A aposta da Harley-Davidson Motor é de que as novas motocicletas Touring estarão entre os modelos da marca a serem mais procurados em 2018. O caso da CVO Road Glide é emblemático. A nova bagger tem estilo que simboliza o novo visual e desempenho dos modelos CVO. Equipado com o novo motor Milwaukee-Eight 117 (1.923 cc), com carenagem agressiva em formato de shark-nose (nariz de tubarão, em português), o modelo possui pintura premium, rodas personalizadas e um novo e elegante para-lama dianteiro.

Pela primeira vez, um modelo Touring Harley-Davidson possui roda dianteira Knockout de 21 polegadas original de fábrica, projetada para oferecer desempenho, dirigibilidade e proporcionar passeios inesquecíveis, sem comprometer a montagem dos acessórios. Além disso, o novo modelo apresenta freios vinculados Refle com ABS de segurança que são ativados eletronicamente a 40 km/h. Possui sistema de infotainment Box 6.5 GT Boom premium com GPS, alto-falantes Stage II e fones de ouvido sem fio, de série. No Brasil, o modelo será comercializado na cor Black Earth/ Vivid Black.

Quanto custa: R$ 153.300,00

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

Especialista dá dicas sobre saúde masculina play

Especialista dá dicas sobre saúde masculina

anterior

próxima

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-05-24_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima