artigo 16/10/2017 - 11h56

As sombras da Casa Branca

notícia 0 comentários

  AS SOMBRAS DA CASA BRANCA
 
 Sávio de Almeida
 
Durante os últimos dias,o presidente dos Estados Unidos ,Donald Trump, tem feita certas coisas que são bastante estranhas sob o prisma estratégico. A saída da UNESCO,em claro confronto com as Nações Unidas(habitual palco de ação norte-americana),e o rompimento com o acordo iraniano é algo extremamente anormal para qualquer especialista,seja ele idealista ou realista. Para analistas como ex-secretário John Kirby o rompimento com o acordo iraniano poderá ter consequências indesejadas pelo próprio presidente,como:a retomada do desenvolvimento das armas nucleares,o afastamento de aliados tradicionais;como Grã-Bretanha e França;destroi a confiança global na capacidade dos americanos de resolver problemas e causa prejuízos às empresas e investidores americanos que estavam começando a fazer acordos dentro do mercado iraniano. Se as relações com Teerã azedaram,as com a ONU estão em putrefação. A saída da UNESCO podem fazer com que Washington fique cada vez mais isolada mundialmente;acelerando o processo de ruína da Pax Americana;e criando atritos com a comunidade internacional em um momento de tensões elevadas. Mesmo o atrito com os norte-coreanos está sendo questionado. O secretário-geral da OTAN,Jens Stoltenberg,alertou que:"O uso da força militar terá consequências devastadoras, acho que ninguém quer que aconteça". Isso semanas depois do secretário de estado,Rex Tillerson,e o secretário de defesa,James Mattis,terem afirmado que a solução diplomática é a melhor saída para a Coreia do Norte. Essa divergência de Trump com seus próprios conselheiros pode parecer estranha à maioria das pessoas,entretanto é uma tendência cada vez mais comum dentro das paredes da Casa Branca. De acordo com matéria recente da Vanity Fair,os conselheiros próximos ao presidente afirmam que ele se encontra cada vez mais obscuro e isolado e muitos afirmam que o dialogo com ele está insuportável. Isso é bastante interessante ,pois,como afirmou o ex-estrategista-chefe Steve Bannon,pela 25th emenda da constituição dos Estados Unidos a maioria do gabinete presidencial pode votar para remover o presidente em exercício de mandato. As sombras parecem ter tomado conta da Casa Branca cada vez mais ao passar dos dias. Se Trump continuar com suas ações populistas e irracionais é provável que ou não veja mais um amanhecer na Casa Branca ou então que o mundo nunca mais veja um nascer do sol.

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

COMO COLABORAR

  • 1

    Participe você também

    Envie sua colaboração para o email: jornaldoleitor@opovo.com.br e seu texto estará no Jornal do Leitor Online

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-01-17_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Newsletter

Receba as notícias do O POVO Online

Powered by Feedburner/Google

Mais comentadas

anterior

próxima