ombudsman 07/02/2012 - 14h55

Código de Ética da Empresa Jornalística O POVO

Compartilhar

Tradição e modernidade são características marcantes do O POVO, uma empresa/instituição entranhada na vida dos cearenses. Este documento, proposto pela Diretoria para discussão interna e aberto a sugestões de nossos leitores e clientes, junta-se à CARTA DE PRINCÍPIOS elaborada pelo Conselho Editorial, com a intenção de somar à experiência do passado compromissos que o presente impõe como condição e antecipação do futuro.

PRINCÍPIOS E COMPROMISSOS DA EMPRESA JORNALÍSTICA O POVO


Somos Instituição e Empresa. Integradas, cada uma deve dar suporte à outra. Nossos interesses e nossos deveres nos obrigam a bem identificar os limites de cada uma, que não devem conflitar, mas serem harmonizados, sem sobreposição.
A união desses dois conceitos surge do fato de lidarmos com a informação, bem essencial nas sociedades contemporâneas e patrimônio da comunidade, o que confere a O POVO papel decisivo na difusão das idéias, na aceleração da economia, na elevação do padrão de cidadania, enfim, em todas as instâncias do interesse coletivo e privado. Tal consciência nos impele a lançar e tornar públicos nossos princípios e compromissos empresariais.

DO PROGRAMA EDITORIAL


Nosso compromisso maior é com o leitor. Temos a obrigação e o interesse de bem informar. Quem faz e quem comercializa jornal precisa estar convencido de que buscar a satisfação do leitor é uma atitude de proteção ao próprio negócio, sem deixar de compreender que, como um produto que reflete a própria sociedade, o jornal também pode vir a desagradar a pequenos e a grandes grupos de leitores, no cumprimento do seu papel de informar e opinar. Mas é, e sempre será, o leitor o controlador e aprovador ou censor do resultado do nosso trabalho.

A informação será sempre passada ao leitor de maneira precisa, exata, substantiva, respeitando-se os limites da privacidade e do bom senso.
Adotaremos uma atitude crítica e fiscalizadora dos atos das pessoas, empresas, instituições e poderes públicos, sendo tal postura aplicável a particulares e à empresa privada, quando se configurar, clara e continuadamente, agressão aos direitos individuais, à comunidade e ao interesse público.

Contribuiremos para a formação de uma consciência crítica da comunidade, procurando estimular o surgimento e o debate de novas idéias e a discussão e aprofundamento de velhas questões não resolvidas.

Fiscalizaremos a ação dos poderes públicos na defesa do interesse comunitário e da cidadania, na busca do equilíbrio político e no fortalecimento das instituições e liberdades democráticas.

DA GESTÃO

– Consolidar a lucratividade e a independência da empresa;
– Racionalizar e aperfeiçoar a gestão dos negócios;
– Manter uma posição de liderança e vanguarda;
– Avançar tecnologicamente, antecipando-se às exigências do mercado;
– Treinar, valorizar e integrar nosso pessoal, mantendo ambiente favorável a ganhos de produtividade e à realização pessoal.

DO PRODUTO E DO MERCADO


– Fazer o produto chegar ao mercado em condições cada vez mais atraentes ao
consumidor;
– Oferecer ao mercado um produto superior e claramente diferenciado;
– Buscar a excelência no atendimento aos nossos leitores e clientes;
– Em projetos, programas e eventos especiais, a Empresa atenderá demandas e interesses legítimos da comunidade e seus segmentos representativos, fazendo propostas consistentes, procedentes e conseqüentes;
– Cercar as ações comerciais de cuidado ético, sobretudo quando realizadas com entidade pública, de maneira que possam atender à transparência que caracteriza a nossa postura institucional;
– Aumentar a freqüência e a profundidade das contribuições concretas ao desenvolvimento da Região;
– Estimular o crescimento e o desenvolvimento econômico da Região, procurando influenciar positivamente a iniciativa privada de interesse geral e cobrando a ação pública;
– Informar e formar opinião consentânea com os valores da livre iniciativa.

DA IMAGEM

– O produto deve contribuir cotidianamente para consolidar seu conceito de veículo de comunicação independente, pluralista, apartidário, ponderado e fiscalizador;
Enquanto anunciante, a Empresa deve apresentar-se ao mercado de forma exemplar, veiculando anúncios próprios e campanhas publicitárias com a maior freqüência possível, avaliando seus resultados;
– A empresa deve buscar uma inserção especial e relevante na sociedade, participando mais do que freqüentando, antecipando mais do que acompanhando, informando mais do que noticiando, formando opinião mais do que opinando;
– Fixar e manter a melhor imagem possível da empresa, do produto e de seus serviços é um processo que envolve a todos, no dia-a-dia do trabalho ou na convivência comunitária, devendo nossos executivos ficar atentos e agir em harmonia com este objetivo.

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS


A Empresa não oferecerá gratuitamente seus produtos e serviços normalmente comercializados, sendo vedados favores e concessões injustificadas;
A Empresa e seus representantes devem ter para com seus concorrentes uma avaliação, tanto quanto possível, positiva e discreta;
Devemos manter para os não-clientes, para o inusitado, para as idéias novas, para as minorias, para o não-ortodoxo e não-consensual e mesmo para os que nos criticam, uma atitude de franca e positiva abertura;
Este documento soma-se à Carta de Princípios elaborada pelo Conselho Editorial, impondo rigor absoluto nas questões de princípios.

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Ombudsman Atual

Tânia Alves é formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (Uece). Trabalha no O POVO há 26 anos. Em 2015, ocupará o cargo de ombudsman após oito anos como editora-executiva do Núcleo de Cotidiano, que engloba as editorias Cotidiano, Esportes e Ciência & Saúde.

Tânia Alves
Ombudsman do jornal O POVO

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima