poesia 21/11/2017 - 17h22

Utopista

notícia 0 comentários

Utopista
 
 
Mateus Honori
 
Há de haver um lugar
onde o sol se deitar
muito além
quando o mar faz a curva pro céu
Um pião a rodar e uma pipa no ceu
Solidão bem pra lá
Alegria        no     ar

Há de haver um lugar 
onde o tempo parou
e saudade não tem
Porque tudo tem lá
Onde o bem se escondeu da buzina feroz
e o amor cede a rede pra qualquer um de nós

Deve haver depois do infinito
Um lugar bem mais bonito
lá tem água a correeeeerrr
Tudo tem sua cor, seu ritmo.

Há de haver um lugar 
onde o mau não pisou
Sem nação, sem país, sem bandeira a voar
Por aqui não se vê uma cara infeliz
Tudo cheira a café, é tudo que eu quis!

Deve haver depois do infinito 
Um lugar bem mais bonito 
lá tem água a correr e um chão de poesia.

Vou pra lá me esconder
Pra ver se aguento viver
Por mais
Um dia...

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

COMO COLABORAR

  • 1

    Participe você também

    Envie sua colaboração para o email: jornaldoleitor@opovo.com.br e seu texto estará no Jornal do Leitor Online

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-01-17_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Newsletter

Receba as notícias do O POVO Online

Powered by Feedburner/Google

Mais comentadas

anterior

próxima