LEONELZINHO ALENCAR 19/06/2015

Vereador Leonelzinho renuncia para garantir candidatura em 2016

Alegando "motivos pessoais", Leonelzinho deixou ontem cargo no Legislativo. Apesar da versão oficial, O POVO apurou que o vereador renunciou para escapar da abertura de ação de cassação - o que o tornaria inelegível
notícia 14 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18796, 'email': 'carlosmazza@opovo.com.br', 'nome': 'Carlos Mazza'}
Carlos Mazza carlosmazza@opovo.com.br


Mal superada a queda de A Onde É (PTC), a Câmara Municipal já teve sua 2ª baixa em pouco mais de um mês. Alvo de investigação do Ministério Público, o vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB) renunciou ontem alegando “dedicação integral à sua defesa”. Apesar da versão oficial, O POVO apurou que o vereador renunciou para escapar da abertura de processo de cassação no Legislativo.


Deixando o cargo antes do início de ação contra si, Leonelzinho não fica enquadrado na Ficha Limpa e pode se candidatar em 2016. Procurados pela reportagem, pelo menos cinco vereadores disseram que situação dele era “insustentável”. Nos últimos dias, Leonelzinho inclusive sondou colegas para saber%u018D suas “chances” na Casa.


“Já se esperava denúncia de cassação contra ele %u018Ddo MP, como teve no A Onde É. E a gente sabia que seria acatada. Qualquer uma que chegue vai ser acatada”, diz Adelmo Martins (Pros). Ele diz ter conversado com o vereador e recomendado a renúncia. “Até para acabar logo com isso”.


Já Ronivaldo Maia (PT) afirma que, caso não chegasse ação do MP, os próprios colegas estudavam abrir processo por quebra de decoro. “Até pelo histórico dele, com muitas denúncias. A Casa ia fazer o que, ficar sangrando por ele? Foi-se o tempo que o corporativismo segurava tudo”.


“Motivos pessoais”

Na manhã de ontem, o presidente da Câmara, Salmito Filho (Pros) leu carta de renúncia do vereador e empossou o seu suplente, Gerôncio Coelho (PTdoB). No documento, Leonelzinho alega “motivos pessoais” e diz que deixa o Legislativo para “preservar a imagem da Casa e dos meus pares”.

GENILSON DE LIMA/CMFOR
Assim como A Onde É, Leonelzinho Alencar é acusado de desviar Verba de Desempenho Parlamentar (VDP)
 

 

 

 

 

 

 

 

Afastado do cargo por 180 há duas semanas, Leonelzinho é alvo de desdobramentos da mesma operação que levou, em 7 de maio, à renúncia de A Onde É. Desde 2013, o MP apura desvios da Verba de Desempenho Parlamentar (VDP) e prática da “rachadinha” - retenção do salário de assessores - na Câmara.


Como foram requisitados gastos de todos os vereadores, novas operações devem ocorrer nas próximas semanas. O MP, no entanto, não revela nomes nem quantos são os investigados na ação - que corre em segredo de Justiça.


Em 2 de junho, a Polícia cumpriu 30 mandados de busca e apreensão na Casa. Segundo o promotor Ricardo Rocha, um dos responsáveis pelo caso, novos dados da investigação sairão em breve.


Nos corredores da Câmara, nenhum vereador admitiu estar preocupado com o processo. Afirmavam, no entanto, que “os outros” estavam todos aflitos. “Tem gente suando às bicas em ar condicionado a 10 graus”, disse um servidor.


A reportagem tentou entrar em contato com Leonelzinho, mas chamadas ao seu telefone não foram atendidas.

 

espaço do leitor
Zé Bob 19/06/2015 21:58
Prezado, temos que aguentar essas mazelas eleitorais, como esse vereador pilantra que consegue se reeleger. Infelizmente, estamos cercados de pessoas do mesmo tipo, que prostituem suas consciências na hora de votar.
Hilton Félix dos Santos 19/06/2015 17:28
Mandem investigar esse "Bel" também!!
RENOR 19/06/2015 13:21
Podem esperar que ano que vem ele é eleito novamente...
ANTONIO HONORATO HONORATO 19/06/2015 13:21
simples..no proximo ano compra votos e volta com a cara de pau.
Bel 19/06/2015 11:45
CHAMAR A TURMA DA VILA PERY PARA VISITAR A CÂMARA MUNICIPAL DE FORTALEZA.
Ver mais comentários
14
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: cannot identify image file <cStringIO.StringI object at 0x42ceb58>