[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] As práticas políticas que definiram o século | Política | O POVO Online
Hegemonia 22/01/2012

As práticas políticas que definiram o século

No próximo dia 24 de janeiro a história do Ceará marca um século do fim da chamada oligarquia Acciolina, período no qual, por 16 anos, o Estado esteve nas mãos do comendador Antônio Pinto Nogueira Accioly, ex-senador no tempo do Império
notícia 4 comentários
FOTO: ARQUIVO NIREZ
Nogueira Accioly, de cartola, sendo levado no dia 25 de janeiro de 1912, em barco a remo, para o vapor Pará, que o conduziu ao Rio de Janeiro após a sua deposição
Compartilhar

Ao amarrar seu jumento na cerca do curral, o agricultor passava, quase que imediatamente, para o local da votação. Era chegada a hora, no longínquo ano de 1900, da eleição para governador do Ceará. Em troca de calçados, vestimentas, moradia ou até de alimentação, a solução era mesmo votar no nome ordenado pelo coronel, dono da fazenda, que não dava trégua e colocava seus capangas para vigiar todo o processo. E não bastasse a submissão dos eleitores, as eleições eram fraudadas, afinal, valia “tudo” para manter a oligarquia no poder.

 

Foi assim quando o comendador Antônio Pinto Nogueira Accioly, ex-senador no tempo do Império, passou a dar as cartas, por 16 anos, no Ceará. Com características de nepotismo (emprego de parentes nos cargos públicos), corrupção e autoritarismo, o longo mandato acciolino iniciou a política de oligarquias no Estado, que mal sabia, à época, vivenciaria ainda outros processos semelhantes a esse.


Hoje, 100 anos depois da queda da oligarquia de Nogueira Accioly, o que se pode perceber é que as práticas políticas no Ceará dão sinais de que não romperam com o clientelismo e com a concentração de poder, remanescentes da República Velha.


O antigo modo de fazer a política do “vale tudo” para não perder o comando do poder insiste em fazer parte da vida política cearense. Nos mesmos moldes, até hoje, têm-se notícias de in-

terferência direta de governantes nas eleições, bem como de empregos de recursos públicos em campanhas políticas milionárias.

 

Modernidade


Porém, cada uma ao seu tempo e ao seu modo. Conforme a historiadora da Universidade Federal do Ceará (UFC), Simone de Souza, que faz parte do conselho editorial do O POVO, apesar de termos características oligárquicas, autoritárias e clientelistas nos governos contemporâneos, temos, por outro lado, uma sociedade civil organizada, que pode “denunciar as mazelas e os desmandos do poder local”. “Isso porque hoje a gente vive em uma sociedade de direito que permite que o cidadão se manifeste, muito ao contrário de oligarquias que não tinham tolerância”, explica.


Para ela, com a redemocratização brasileira, ocorrida após a queda da ditadura militar no País, ampliou-se o campo de cidadania, o que permitiu um embate com os poderes constituídos no sentido de melhorar a vida da população com políticas públicas efetivas. “As características (dos governos) podem ser parecidas, mas a história nunca é a mesma, porque ela é um processo, está sempre em transformação”, avalia.


Esse caderno, aproveitando os 100 anos da chamada oligarquia acciolina, cumpre a tarefa de articular a história dos ciclos políticos cearenses do século XX com o atual cenário político vivido em nosso Estado, sem esquecer de discutir a influência que a maneira de governar desses grupos exerce até hoje no modo de fazer política do Ceará.

 

 

ENTENDA A NOTÍCIA

Hoje, 100 anos após a queda da oligarquia Accioly, o que se percebe é que as práticas políticas dão sinais de que não romperam com o clientelismo e a concentração de poder remanescentes da República Velha.

 

 

Período acciolino

Durante o governo do oligarca, dois terços da Assembleia estavam com pessoas da família ou correligionários de Accioly

 

Oligarquia

É a forma de governo em que o poder político está concentrado em pequeno número de pessoas. No Brasil, o termo ficou conhecido como coronelismo.

Compartilhar
espaço do leitor
Roberto 22/01/2012 14:47
Agora temos um coronel no poder. Ou será um tipo de "oligarquia" onde a base da assembléia é toda aliada ao governador? A única diferença é que não são todos familiares..
Sr. X 22/01/2012 12:45
E nos dias de hoje...
Ythalo Loureiro 22/01/2012 10:35
Excelentes artigos sobre a história política do Ceará nos últimos 100 anos, do OPOVO on oline. Faz refletir que a democracia podr avançar ainda mais, com passos lentos e firmes.
Manoel Humberto Luis Moreira 22/01/2012 09:30
Excelente matéria, tanto no conteúdo quanto no momento. Afinal, estamos em ano eleitoral e Eleições Municipais são importantíssimspara a população em geral. Trata-se de elegermos aqueles que estarão mais próximos de nós durante os quatro anos de mandato. Manoel Humberto Luis Moreira Advogado
4
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-01-17_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima