Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
segundo relatório 25/11/2013 - 20h20

Dos 144 açudes do Ceará, 106 estão em estado crítico

notícia 4 comentários
Edimar Soares/O POVO
Compartilhar

O relatório hídrico mensal divulgado pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado (Cogerh) nesta segunda-feira, 25, aponta estado crítico nas reservas hídricas em açudes do Ceará.

Em razão do longo período de estiagem, 106 açudes, dos 144 do Estado, estão abaixo de 30% da capacidade. Apenas o açude Gavião, localizado na Pacatuba, região metropolitana de Fortaleza, está quase cheio, com 92,32% de sua marca máxima.

Açudes como Forquilha II e Trici, em Tauá, Quincoé, em Acopiara, Desterro e São Domingos, em Caridade, Cupim e Jaburu II, em Independência, e Sucesso, em Tamboril, estão com 0% ou menos de 1% da capacidade.

O Sertão de Crateús apresenta a situação mais alarmante, pois todos os reservatórios estão com no máximo 10% da capacidade total. O açude Castanhão com possibilidade de armazenar 2850.34 hm3 de água é maior do Ceará, porém está com apenas 42,54% da capacidade total.

Na última quarta-feira, 20, bispos do Ceará se reuniram com representantes da Cáritas Regional Ceará para discutirem sobre a seca no Estado. O grupo cobrou do governo a distribuição de água para as comunidades afetadas pela estiagem. Um Documento dos Povos do Semiárido Cearense com medidas emergenciais será encaminhado ao governador Cid Gomes (Pros) e ao secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins.

Redação O POVO Online

> TAGS: ceará seca cogerh
Compartilhar
espaço do leitor
Antonio Pereira Da Silva Pereira 27/11/2013 12:04
Estamos no séc. XXI, e até agora, não temos uma política honesta que minimize os efeitos da seca. Tratam com banalidades, preferem construir obras faraônica. Pena.
atila 26/11/2013 00:27
Cid Ferreira Gomes a culpa é sua!
atila 26/11/2013 00:27
digite seu comentário
Leonardo Jales Leitão 25/11/2013 21:09
O Governo do Estado do Ceará deveria pegar o dinheiro das obras faraônicas, como a Ponte Estaiada e o Aquário, e fazer obras emergências contra a seca. Com a tecnologia que temos hoje em dia, seria possível convivermos com a seca de maneira sustentável. O que falta é vontade política.
4
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

O POVO Online

Participe desta conversa com @opovoonline

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Fortaleza

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Instagram (API-USER)

Erro: 'data'
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Fortaleza

Powered by Feedburner/Google

Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: cannot identify image file <cStringIO.StringI object at 0x42ceb58>