[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Prédio onde funcionava o Hospital Psiquiátrico Mira y Lopez é demolido | O POVO

Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
FORTALEZA 20/03/2013 - 20h27

Prédio onde funcionava o Hospital Psiquiátrico Mira y Lopez é demolido

Foto: Daivyson Teixeira
Compartilhar

O Hospital Psiquiátrico Mira y Lopez, no Bairro Benfica, em Fortaleza, que durante muito tempo foi referência no tratamento psiquiátrico no Ceará, passa por processo de demolição. Na área onde funcionava a unidade hospitalar, que até setembro do ano passado disponibilizava cerca de 200 leitos, será construído um prédio residencial.

A Coordenação de Patrimônio Histórico e Cultural da Prefeitura de Fortaleza informou por meio de nota ao O POVO Online "que o imóvel onde funcionava o Hospital Mira y Lopez não é um bem tombado pelo Município. Entretanto, a coordenação identificou uma solicitação de tombamento do imóvel feita em novembro de 2012, que não foi autuada nos termos do Artigo 9º da Lei do Patrimônio Cultural nº 9.347, de 2008."

Ainda segundo a nota, a Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor) realiza levamento de todos os processos e solicitações de tombamento em trâmite. O levantamento especificará se o imóvel onde funcionava o Hospital Mira y Lopez "foi ou está em processo de tombamento em nível estadual ou federal".

Tombamento

O tombamento é um ato administrativo realizado pelo Poder Público que visa preservar, através de legislação específica, bens de valor histórico, cultural, arquitetônico, ambiental e de valor afetivo para a população, impedindo sua destruição ou descaracterização.

Na lista dos 28 patrimônios tombados em definitivo pela Prefeitura de Fortaleza estão os prédios da Santa Casa de Misericórdia, Farmácia Oswaldo Cruz e do Sport Club Maguary, no Centro; do Ideal Clube e da Igreja de São Pedro dos Pescadores, no Mucuripe; do Náutico Atlético Clube, no Meireles; do Colégio Doroteias, no Joaquim Távora, da sede do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh) e da casa do Português, no bairro Damas e a Pavimentação da rua José Avelino. Todos os equipamentos foram indicados pelo Conselho Municipal de Patrimônio Histórico Cultural (Comphic).

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
ana 21/03/2013 10:52
No Brasil tem carencia de um bom atendimento psiquitrico.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
ana 21/03/2013 10:52
Se já nao tinha hospital para atender esses pobres pacientes imaginem agora... é muito triste ter um familiar ou amigo precisando de um atendimento pisiquiatrico e nao ter onde tratar.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
georgianne 21/03/2013 09:44
Como assim demolir um hospital histórico que atendia a população e construir um prédio residencial? Prédio residencial rende lucros e as pessoas não tem mais aonde morar, estão invadindo até o Parque do Coco...Mas tudo bem e agora aonde será o próximo hospital?Já começou a ser construído???
Este comentário é inapropriado?Denuncie
chico 21/03/2013 07:25
mais uma que ganham ,empreiteras que destroem o passado, especulações imobiliarias
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Flávio 20/03/2013 22:28
Nada contra o verdadeiro progresso, mas o respeito às lembranças é fundamental.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
7
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

O POVO Online

Participe desta conversa com @opovoonline

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Fortaleza

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Instagram (API-USER)

Erro: 'data'
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-04-24_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Fortaleza

Powered by Feedburner/Google