o povo nos bairros 26/09/2013

Cais do Porto: História do Titanzinho tem forte ligação com o mar

{'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO ', 'id_autor': 16673, 'email': 'geimisonmaia@opovo.com.br', 'nome': 'Geimison Maia'}
Geimison Maia geimisonmaia@opovo.com.br
FOTO: SARA MAIA
Devido à localização privilegiada do Titanzinho, o lugar recebe boas ondas o ano inteiro
Compartilhar


A comunidade do Titanzinho (localizada no bairro Cais do Porto) é considerada um berço do surfe em Fortaleza. Isso se deve à localização privilegiadíssima do lugar, que permite receber boas ondas o ano inteiro. “Tem um paredão lá (porto) e um aqui (espigão) que fazem uma ‘junção de ondas’. É um local propício para quem quer altas ondas”, explica João Carlos Sobrinho, mais conhecido como Fera, fundador da Escola Beneficente de Surf Titanzinho.


Segundo ele, o batismo da comunidade é inspirado no nome das máquinas que trabalharam na construção do paredão no Porto do Mucuripe, chamadas “Titan”. “Quando (os moradores) vieram de lá para cá, colocaram o nome de Titanzinho”, explica Fera.


A mudança a que ele se refere é narrada pela aposentada Maria Ferreira, 81, mais conhecida como Mariazinha e uma das mais antigas moradoras do Titanzinho. Antes, a comunidade habitava a região mais próxima à Praia Mansa, nas beiras do Porto do Mucuripe. Porém, pelos idos de 1974, os moradores foram transferidos pela Companhia Docas para onde vivem atualmente.


“Aqui não tinha nada. A Docas passou o trator no terreno e loteou”, relembra dona Mariazinha. Um começo difícil, no qual os moradores tiveram de se virar do jeito que dava. As primeiras habitações, por exemplo, eram barracos de taipa. Com o tempo, a partir da união e luta dos moradores, as primeiras 800 casas de alvenaria foram erguidas.


Essa é uma região onde sempre predominou (e ainda predomina) a presença de pescadores. Inclusive, segundo dona Mariazinha, boa parte dos habitantes mais antigos é proveniente de cidades litorâneas do Interior, como Acaraú.


Apesar do nome oficial do bairro ser Cais do Porto, os moradores se identificam mais como pertencentes ao Serviluz - que, oficialmente, não é um bairro de Fortaleza. “Mas o nome histórico é Serviluz”, enfatiza Mariazinha.

 

Superação


Com tantas dificuldades enfrentadas desde o início, os próprios moradores do Titanzinho tiveram que se organizar para melhorar a qualidade de vida do bairro. Tantos são os projetos sociais na comunidade, que nem é possível citar todos aqui. São escolinhas, aulas de dança, projetos de arte e cultura, entre outros. Porém, a principal força ainda é o esporte e, principalmente, o surfe.


A surfista Juliana Sousa,13, é uma das alunas da escola de surfe do Fera e foi campeã cearense sub-14 este ano e campeã nordestina sub-20 em 2012. Moradora do Titanzinho desde quando nasceu, começou na escola com apenas 5 anos de idade. “É normal. O surfista (nato) tem que encarar as ondas”, diz.


Engraçado que essa relação umbilical do Titanzinho com o mar contagia até os animais. Enquanto Juliana entrava no mar para mais uma tarde de treinamento, dois cachorros brincavam na beira da praia e se esbaldavam na água. Juliana, inclusive, conta que a escola já teve um cachorro que também surfava. Infelizmente, o animal já morreu.


Assim, o que nos resta dizer é que a maior riqueza dos moradores do Titanzinho é a beleza natural existente logo ao lado. O que pode ser resumido nas seguintes palavras de Fera: “Sou um milionário. Não preciso de dinheiro para ser feliz. Porque acordo e vejo isso aqui”, conclui ele, olhando para o mar.

 

SANEAMENTO


PROBLEMAS COM ESGOTO INCOMODAM MORADORA

2. A aposentada Maria Ferreira, 81, reclama de problemas na rede de esgoto do bairro. Em frente à casa dela, por exemplo, a água servida jorra pela tampa da rede de saneamento básico. Em frente ao Farol do Mucuripe, também é possível ver as poças de esgoto a céu aberto.

 

RESPOSTA. A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que as duas ocorrências citadas são pontuais. Em relação à rua Deputado Flávio Marcílio - onde mora dona Maria -, a Cagece diz que uma equipe já resolveu o problema. A obstrução era provocada pelo acúmulo de areia na rede de saneamento.


Em relação ao esgoto em frente ao Farol do Mucuripe, a Cagece aponta que ela é proveniente do despejo irregular de água servida de residências localizadas na região. A Companhia alerta que o despejo irregular de esgoto em via pública pode caracterizar crime ambiental e que, na ausência de rede de esgoto, cada morador é responsável por dar um destino final aos seus dejetos, com soluções como as fossas sépticas.

 

HISTÓRIA


FAROL DO MUCURIPE ESTÁ ABANDONADO

1. O Farol do Mucuripe, localizado na avenida Vicente de Castro, está abandonado. Interior deteriorado, paredes pichadas, mato crescendo ao redor. As portas estão abertas e o acesso ao local é livre. Não há vigilância. Esse é um dos mais importantes equipamentos históricos de Fortaleza, construído entre 1840 e 1846.

 

RESPOSTA. O superintendente da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) no Ceará, Jorge Queiroz, informa que o Farol do Mucuripe está em área de marinha e, portanto, pertence à União. Porém, o órgão não dispõe de recursos para restaurar e vigiar o equipamento. Jorge Queiroz afirma ter enviado ofícios à Prefeitura de Fortaleza e ao Governo do Estado solicitando que eles façam o restauro do equipamento.


A Secretaria do Turismo de Fortaleza (Setfor) afirma que está elaborando um projeto de requalificação daquela área - incluindo o farol. Porém, a assessoria de imprensa afirma que o projeto está em fase de licitação e, por isso, não seria possível dar mais detalhes sobre o que vai ser feito com o farol.

 

EM ALTA


SURFE

Esse é um dos esportes preferidos dos moradores do Titanzinho

EM BAIXA


INFRAESTRUTURA

O bairro tem um acesso muito difícil. É necessário restaurar as ruas e avenidas do lugar

 

RONDA


O Cais do Porto não possui uma viatura exclusiva do Ronda do Quarteirão. Em caso de emergência, ligue 190

 

22 MIL

O Cais do Porto possui 22.382 moradores, distribuídos em 2,56 km². O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,386, um dos mais baixos da Regional II

 

CAIS DO PORTO

 

É a cara do meu bairro

Qual é a imagem que você acha a cara do seu bairro? Participe, envie sua foto para nós: opovonosbairros@opovo.com.br

Praia do Titanzinho. Esse é um local privilegiado para a prática do surfe e é berço de grandes surfistas cearenses.

 

SANTA MARIA


BURACOS NA OSÓRIO DE PAIVA

3. O leitor Manuel Pontes Farias reclama da buraqueira existente na avenida Osório de Paiva, na altura dos bairros Santa Maria e Jardim Jatobá. Segundo ele, o problema é mais grave na altura do último semáforo na avenida (para quem sai de Fortaleza), pouco antes da rotatória do Anel Viário. “Isso está com uns quatro ou cinco meses Os carros param e fazem uma fila indiana. É uma lástima”, comenta.

 

RESPOSTA. A Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) informa que uma equipe será enviada ao local para verificar a situação da via. O órgão lembra que a avenida Osório de Paiva foi uma das mais beneficiadas com a Operação Tapa-buracos este ano. Desde julho, foi recapeado o trecho que vai da avenida João Pessoa até a avenida Perimetral, somando quase 3 quilômetros.

 

Fale com o Geimison

 

Envie reclamação sobre o seu bairro. Ela será publicada junto com a resposta do órgão responsável. (De quarta a sexta, das 14h às 19 horas)

85 3255 6114 ou 3255 6118

FAX 85 3255 6139

Escreva para: opovonosbairros@opovo.com.br

(Coloque seu nome e telefone)


Av. Aguanambi, 282

Joaquim Távora

Cep: 60055-402


Multimídia: A coluna O POVO nos Bairros também possui uma versão em vídeo no O POVO Online


GEIMISON MAIA é jornalista

Compartilhar
espaço do leitor
carla 22/11/2013 09:34
uma praia muito bonita, mais infelizmente a bandidagem toma conta dela, eu moro a 34 anos. e presencio assalto todo final de semana quando vou a praia, inclusive já fui assaltada também, policia? cadê kkkkkk é de da risadas, uma porcaria, os bandidos passam armados perto deles e ele não abordam.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Amon 14/11/2013 22:29
Ei, Cláudio Henrique, vai dar uma voltinha por lá, assim como quem não quer nada, vai. Cita ao menos um lugar onde se tem favela e que foi melhorado ao ponto de ter extinguido a bandidagem?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Amon 14/11/2013 22:26
Falam quase tudo, só esquecem de comentar que quem quiser ir surfar lá, tem que se envolver com a bandidagem local senão dança. Esta praia é particular dos moradores da região e alguns envolvidos de fora.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Felipe da Silva Antonio 12/11/2013 17:56
Quanto ao caso ou descaso com o farol do Mucuripe, acredito que quem deve ser acionado é Capitânia dos Portos, pois a Diretoria de Hidrografia e navegação , subordinada a Marinha do Brasil, é quem tem o Dever de zelar por este Patrimônio público.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
claudio henrique 27/10/2013 11:55
Titã era o nome do guindaste que ficava no paredão e por muitos anos fez parte da paisagem da praia mans. Construir estaleiro no Titanzinho é no mínimo falta de bom senso com a vocação turistica de Fortaleza. Esta mais para crime contra o meio ambiente.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
10
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

O povo nos bairros

RSS

O povo nos bairros

Geimison Maia

Escreva para o colunista

Atualização: Quinta-Feira

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Fortaleza

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Newsletter

Receba as notícias da Coluna O POVO nos bairros

Powered by Feedburner/Google