PIPOCA EM CASA 12/01/2018 - 16h00

A história do menino que reviu a família após 25 anos

Lion conta a história de Saroo Brierley, que enfrentou desafios atravessando a Índia perdido e com apenas cinco anos até ser adotado pelo casal australiano Sue e John. Com três indicações ao Oscar, o enredo é ainda mais marcante por ser verídico
notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 19146, 'email': 'rebecasoares@opovo.com.br', 'nome': 'Rebeca Soares'}
Rebeca Soares rebecasoares@opovo.com.br
REPRODUÇÃO
Com atuações de Dev Petel e Nicole Kidman, o filme foi indicado a três categorias do Oscar 2017

Quem gosta da emoção dos filmes baseados em fatos reais não pode deixar de assistir "Lion". O longa-metragem, indicado em três categorias ao Oscar de 2017, conta a história do jovem indiano Saroo (Dev Petel). Aos cinco anos, o pequeno perde-se do irmão e não consegue voltar para casa. Apesar das dificuldades enfrentadas ao viajar pelo Índia, seu país, Saroo é adotado por uma família australiana. Os desafios continuam quando, mesmo com poucas lembranças, tenta reencontrar a família biológica.

Ao se desencontrar do irmão em uma estação de trem durante a noite da cidade de Khandwa, localizada no centro-oeste da Índia, Saroo acabou entrando em um comboio, adormeceu e chegou a Calcutá, extremo leste do País e uma das maiores cidades indianas. Morando na rua e pedindo comida para sobrevier, ele chegou a um orfanato, onde é adotado por Sue Brierley (Nicole Kidman) e John Brierley (David Wenham). A interpretação do jovem Sunny Pawar, então com oito anos, emociona fácil.

Na Austrália, Saroo estudou e aprendeu uma nova Cultura, mas sem esquecer a origem. Depois de 25 anos, esforçando-se para trazer à tona as poucas memórias que lhes restavam da infância na Índia, Saroo utiliza a tecnologia do Google Earth até localizar a estação na qual se perdeu do irmão. É quando ele encontra um possível caminho para achar a família biológica. O filme é emoção do começo ao fim. Com 120 minutos de duração, o longa está disponível na Netflix e no YouTube Filmes.

Indicações ao Oscar
Além de concorrer na categoria de Melhor Filme, ao lado de "Moonlight", "La La Land", também recebeu indicação de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Ator Coadjuvante. Dona de dois Emmys, quatro Globos de Ouro e um Oscar, Nicole Kidman concorreu para alcançar o título de Melhor Atriz Coadjuvante. Na versão adulta, a interpretação de Dev Patel levou-o à indicação de Melhor Ator Coadjuvante. Patel foi destaque em 2008, quando protagonizou o filme "Quem Quer Ser um Milionário”.

Confira o trailer! 

 

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

Especialista dá dicas sobre saúde masculina play

Especialista dá dicas sobre saúde masculina

anterior

próxima

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-07-17_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS