Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
empossado 19/11/2013 - 21h34

Marco Aurélio assume presidência do TSE e critica manifestações

Compartilhar

O ministro Marco Aurélio Mello foi empossado nesta terça-feira, 19, no cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ministro substituirá a presidenta Cármen Lúcia, que ocupou a função durante dois anos. A cerimônia de posse foi acompanhada pelo vice-presidente da República, Michel Temer, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e pelo vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, além de outras autoridades do Judiciário.

 Marco Aurélio ocupará a cadeira de presidente do TSE pela terceira vez. O primeiro mandato foi 1996 e 1997 e o segundo, de 2006 a 2008. No entanto, o ministro não presidirá as eleições do ano que vem. Dias Toffoli, empossado na vice-presidência, ocupará a cadeira de Marco Aurélio, que deixará o TSE em maio de 2014, quando completará quatro anos seguidos no tribunal, e deverá ser substituído por outro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

 Em seu discurso de posse, o ministro criticou a violência das manifestações nas ruas e destacou que a urna deve ser o local de protesto dos cidadãos. “Descabe apoiar a bandalheira, o quebra-quebra dos encapuzados, o enfrentamento às autoridades.

 Mostram-se inviáveis a paralisação das atividades, o fechamento de vias públicas, o desatino, quando se tem à disposição o mais eficaz instrumento de modificação da realidade social e política, o voto! Sim, a vontade do povo é soberana, mas deve ser depositada nas urnas e não incendiada nas lixeiras das ruas”, frisou o ministro.

Agência Brasil

> TAGS: presidente tse
Compartilhar
espaço do leitor
Alaercio Flor 20/11/2013 21:07
O Ministro Dr. Marco Aurélio de Melo deve recorrer a história ao crrriticar as manifestações e não precisa ir até a Revolução Francesa....Basta pegar as guerras do Império que ocorreram no segundo Reinado do Dom Pedro Segundo, que havia posições semelhantes às suas e até com razões bem jurídicas .
Este comentário é inapropriado?Denuncie
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

o povo online

Participe desta conversa com @opovoonline

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Newsletter

Receba as notícias do Canal Política

Powered by Feedburner/Google

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse
Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: HTTP Error 404: Not Found