[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Polícia expulsa acampados no Cocó com choques e bombas de efeito moral e começa o corte de árvores

Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
viadutos 08/08/2013 - 05h07

Polícia expulsa acampados no Cocó com choques e bombas de efeito moral e começa o corte de árvores

Demitri Tulio
Derrubada de árvores já começou no Cocó
Compartilhar

Atualizado às 9h47

Acompanhe em tempo real os protestos em frente ao Cocó

 

Por volta de 4 horas da manhã desta quinta-feira, 8, cerca de 120 homens do Grupamento de Operações Especiais da Guarda Municipal entraram nas barracas das pessoas acampadas no Parque do Cocó. A Guarda expulsou quem estava dormindo usando spray de pimenta e armas de choque. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a Polícia Militar deu apoio a desocupação, com viaturas, apenas para diminuir a possibilidade de confrontos.

 

>> Veja as fotos da desocupação no Cocó

>> Internautas registram invasão da Guarda ao acampamento do Cocó

 

Confira vídeo do momento de chegada da Guarda no acampamento

 

Cerca de 9 caminhões e um trator limparam a área do acampamento, recolheram todas as barracas e pertences dos manifestantes, antes mesmo das 5 horas da manhã. A Prefeitura confirma que no acampamento foram usadas bombas de efeito moral, mas nega o uso do spray de pimenta. No entanto, manifestantes garantem que a Guarda Municipal usou, além de spray de pimenta, também bombas de gás lacrimongêneo. A estudante Daniele Ferreira Silva, 32, está com ferimento nas nádegas e disse que foi atingida por uma granada de gás dentro da barraca onde estava dormindo. Camila Carvalho, 23, geógrafa, diz que foi usado dentro do acampamento spray de pimenta e bomba de gás lacrimogêneo.

O inspetor Fábio Aquino, comandante da Operação, levou uma pedrada nas costas e também foi atingido por balas de gude atiradas com baladeira. Os pertences dos manifestantes, como barracas e bicicletas, foram levados por caminhões da Prefeitura e encaminhados à Regional II, segundo funcionários do transporte. A assessoria da regional ainda não confirmou a permanência dos objetos no local.

A Prefeitura divulgou fotos de armas brancas que diz ter encontrado no acampamento
 

 

 

 

 

 

 

 

A Guarda interditou a área, os manifestantes protestaram e a Polícia, toda sem identificação, explodiu mais uma vez bombas de gás lacrimogênio. O trator já começou a arar o terreno e motosserras já derrubam as árvores.

A área interditada pela Guarda Municipal já está sendo liberada e viaturas da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) ainda estão no local para controlar o trânsito.



Durante a desocupação foram registrados quatro confrontos entre manifestantes e a Guarda. Foram presos Vagner Marinho, membro do Grupo Permacultura e Crítica Radical e Adriano, membro da Assembleia Anticapitalista e estudante da Uece, além de um terceiro manifestante que foram levados ao 2º DP. O advogado dos movimentos populares, Jairo Ponte, está na delegacia.

Os manifestantes estão convidando as pessoas a saírem de suas casas e irem para a frente do Parque do Cocó. Uma repórter da TV Diário foi hostilizada pelos manifestantes ao chegar ao local.

 

O entroncamento das avenidas Engenheiro Santana Junior e Antonio Sales está bloqueado e o fluxo está sendo desviado para pouco depois do shopping Iguatemi. Por volta das 7h10, o engarrafamentona avenida Antonio Sales é muito grande, e uma via da Engenheiro Santana Junior começa a ser liberada apenas para conversão à esquerda. -->

-->-->

A cobertura está sendo feita ao vivo pelo Rapadura Ninja: http://twitcasting.tv/rapaduraninja

 

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Tiago Fabrício 10/08/2013 03:45
A imprensa foi impedida de filmar a ação e as apreensões. As pedras eram sementes (com argila) para replantio; Os facões eram 2 intrumentos de malabares; acharam "molotov" 5 horas depois da desocupação... ai ai ai pensam que o povo é besta? Pior que tem quem acredite...
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Mila 09/08/2013 10:06
Violência desproporcional, desocupação sem ordem judicial, sem acompanhamento, de madrugada, com provas de abuso de poder e violência sem chance de defesa para com os manifestantes... o que tem que acontecer pra esses cegos perceberem o óbvio???!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Luiz Fortaleza 08/08/2013 19:07
A burguesia egoísta de classe é a classe mais violenta do mundo, produtora de desigualdade social, miséria, pobreza, guerras, desemprego, individualismo, escravismo, racismo e tudo q não presta no mundo. Tão há 500 anos dominando o mundo.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Luiz Fortaleza 08/08/2013 19:06
Vamos derrubar essa burguesia maldita e desgraçada do poder político e econômico e fundar a sociedade do governo popular.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Luiz Fortaleza 08/08/2013 19:05
Xô DIREITA MALDITA, FASCISTA, REACIONÁRIA, PRECONCEITUOSA, LAMBE BOTAS DA DITADURA MILITAR.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
273
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

o povo online

Participe desta conversa com @opovoonline

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-04-21_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Newsletter

Receba as notícias do Canal Política

Powered by Feedburner/Google

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse