02/08/2014

Gero Camilo lança hoje disco Megatamainho em Fortaleza

Lançando o segundo disco, Gero Camilo apresenta, pela primeira vez, show musical em Fortaleza. Em entrevista ao Vida & Arte, Gero fala sobre carreira de ator, cantor e escritor
notícia 0 comentários
DictSql({'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 18815, 'email': 'paulorenatoabreu@opovo.com.br', 'nome': 'Paulo Renato Abreu'})
Paulo Renato Abreu paulorenatoabreu@opovo.com.br
IANA SOARES
Gero Camilo: disco que será lançado em Fortaleza tem Otto por padrinho e Bactéria (ex-Mundo Livre S/A) por maestro

 

Nem ator nem cantor, Gero Camilo é poeta. “Não sou um ator cantando, um ator que está se metendo na música. Sou, na verdade, um poeta”, defende-se. Com 20 anos de carreira, o cearense é nacionalmente conhecido por trabalhos no cinema (Carandiru, Bicho de Sete Cabeças) e na televisão (o remake Gabriela, Hoje é dia de Maria). Na noite de hoje, o público cearense poderá encontrar-se com a poesia swingada de Gero em show gratuito no anfiteatro do Centro Dragão do Mar. A apresentação dá início à comemoração de um ano da Escola Porto Iracema das Artes.


Conjunto Esperança é a casa dele em Fortaleza. No bairro, vive a família, que tem sido a principal motivação das últimas viagens de Gero para cá. “Sempre encontrei um bloqueio muito grande para levar minha obra para Fortaleza”, reclama. O primeiro disco? Não lançou aqui. Os três primeiros livros? Também não. Talvez o quarto, a ser lançado em novembro. Gero diz não saber explicar de onde vem esse “bloqueio silencioso” da sua terra natal. “Talvez por que eu não seja um artista de cabresto”, supõe.


Segundo disco

Otto, Criolo e Vanessa da Mata são alguns dos parceiros de Gero nessa segunda empreitada musical chamada Megatamainho. O disco reúne 12 faixas, entre autorais e composições em parcerias. “O Otto é o padrinho desse disco, trocamos muitas ideias e trabalhei com muitos músicos que tocam com ele”, conta. O maestro do “bando de Gero” é o músico Bactéria, ex-membro da Mundo Livre S/A. “O CD tem potência musical para dança, para celebração”.

 

Ser conhecido pelo grande público ajuda a difundir o trabalho, explica Gero, mas também pode significar certo impasse aos “trânsitos pelas diversas possibilidades” do trabalho artístico. “Pode atrapalhar na divulgação do trabalho musical pelo preconceito. O meio artístico é compartimentado demais, parece que o artista brasileiro tem que escolher um caminho e ficar só nesse caminho”.


Gero se fez artista no palco do Theatro José de Alencar, por meio do Curso Princípios Básicos de Teatro. Antes disso, de modo amador, sua arte andava de mãos dadas com a Teologia da Libertação. Depois disso, Gero iniciou estudos na Escola de Arte Dramática da USP. E lá se vão 20 anos vivendo longe. “Fortaleza é uma fortaleza para entrar. É difícil sair da cidade, mas é mais difícil voltar”.


Cidadão do mundo. Assim, Gero se considera. Ela já filmou em Hollywood, onde participou do longa Chamas da Vingança, estrelado por Denzel Washington. O cearense, entretanto, é lembrando por filmes rodados na região Nordeste. “Minha obra reflete também meu canto, mas não caio em discurso regionalista, levo comigo, mas não vira uma bandeira regional, vira uma expressão poética”.


Sobre as canções e seus temas, Gero diz não haver “preocupação” com a indústria musical. “Isso não necessariamente vai contra o mercado, existe sim um mercado possível e é desse que eu vivo”, diz.


SERVIÇO
Gero Camilo lança CD Megatamainho
Quando: hoje, às 20 horas.
Onde: Anfiteatro do Centro Dragão do Mar (rua Dragão do Mar, 86 - Praia de Iracema) Grátis

> TAGS: música camilo; gero
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-10-17_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima

O POVO Entretenimento | Vida & Arte