Memória 12/03/2012 - 01h30

Quixeramobim relembra Conselheiro

O evento Conselho Vivo acontece hoje e amanhã, em Quixeramobim, por ocasião do aniversário de 182 anos de Antônio Conselheiro
notícia 0 comentários
Enviar por e-mail Imprimir Compartilhar Aumentar texto Diminuir texto Corrigir
Compartilhar
DIVULGAÇÃO
A tradicional Matriz de Quixeramobim também terá sua história resgatada

Criado para registrar todos os anos o aniversário de Antônio Conselheiro, o evento Conselheiro Vivo chega a 14ª edição rememorando a história do mais ilustre filho de Quixeramobim, que completaria 182 anos no dia 13 de março. A programação acontece hoje e amanhã na cidade natal do fundador de Canudos e conta com exposições, debates e lançamento de livro.

 

“Nossa intenção não é somente deixar ele lá no passado, mas antenar sua memória com alguma coisa que está acontecendo hoje”, fala o jornalista e historiador Danilo Patrício, coordenador do evento.


Hoje serão lançadas duas exposições de fotografias e xilogravuras feitas por jovens que participaram das oficinas do Conselheiro Vivo ano passado. Também haverá, a partir das 20 horas, o lançamento de um grupo de leitura e debate com o psicanalista Osvaldo Costa sobre Os Manuscritos de Antônio Conselheiro e o livro Os Sertões.


Amanhã será a vez de prestar homenagem ao historiador Ismael Pordeus, autor de, entre outros, Escritos de Antônio Conselheiro e a Matriz de Quixeramobim. Editado ano passado pela coleção Outras Histórias, do Museu do Ceará, a obra ganhará novo lançamento, às 20 horas, agora com a participação do filho do autor, o antropólogo Ismael Pordeus Jr. A comenda Antônio Conselheiro ainda será entregue pela Câmara Municipal in memorian aos filhos de Pordeus.

 

Feriado


Imediatamente depois do aniversário, na próxima quarta-feira, a Câmara de Quixeramobim deve votar projeto de lei que institui o dia 13 de março como feriado municipal e cria novos mecanismos de incentivo a sua memória, como um edital de fomento às artes e programação anual nas escolas.


Para Danilo Patrício, a ação, desde que não se limite ao ferido, é importante para discutir a história de Conselheiro. “Vai ser sempre uma tensão a memória do Conselheiro diante da própria figura que ele desperta: indignação, questionamento, luta pela dignidade, pela terra. Os valores comunitários do Conselheiro, de certa maneira, incomodam ainda o Brasil”, diz.


A programação do Conselheiro Vivo acontece hoje e amanhã na cidade natal do fundador de Canudos e conta com exposições, debates e lançamento de livro

 

Serviço

 

Conselheiro Vivo

Quando: Hoje e amanhã

Onde: Casa Conselheiro (Rua Francisco Ivo, S/N, Centro), em Quixeramobim (203 km de Fortaleza)

Outras informações: 88 9998 7434

Enviar por e-mail Imprimir Compartilhar Aumentar texto Diminuir texto Corrigir
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor no:
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima

Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: cannot identify image file <cStringIO.StringI object at 0x42ceb58>

O POVO Entretenimento | Vida & Arte