[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Wagner denuncia grupo de extermínio na PM | Política | O POVO Online
Vereador mais votado 10/10/2012

Wagner denuncia grupo de extermínio na PM

Capitão Wagner afirmou que lutará para que a Guarda Municipal passe a ser equipada com armas letais
ANDRÉ SALGADO
Capitão Wagner conversou com internautas no O POVO
Compartilhar


Fenômeno de votos nas eleições para a Câmara Municipal de Fortaleza, o vereador eleito, Capitão Wagner (PR), ainda não assumiu mandato, mas já começa a levantar polêmicas. Em entrevista, ontem, ao Grupo de Comunicação O POVO, o policial militar denunciou que membros da cúpula da Segurança Pública do Ceará estariam envolvidos com grupos de extermínio no Estado.


Capitão Wagner protagonizou a greve da Polícia Militar no Ceará, entre o fim de 2011 e o início deste ano, e virou ícone da categoria depois do episódio. Durante atuação na Assembleia Legislativa, quando assumiu mandato de deputado estadual por três meses, o capitão travou duros embates com o governador Cid Gomes (PSB).


Segundo capitão Wagner, esses membros já foram denunciados, anos atrás, pelo Ministério Público Estadual, “mas têm pessoas importantes tanto na área da segurança, quanto no Judiciário” e que, por isso, “sempre conseguem se safar”.


Ele trouxe à tona, ainda, que aparelhos de som que pertenciam às viaturas do Ronda do Quarteirão foram retiradas dos veículos e, posteriormente, vendidos. “Quando eu levantei essa questão na Assembleia, o deputado estadual Sérgio Aguiar falou que mostraria onde estavam esses sons e, até agora, nada”, disparou o vereador eleito.


Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o secretário coronel Bezerra, “determinou oficialmente ao Delegado Geral da Polícia Civil e ao Comandante Geral da PM a abertura, imediata, de procedimentos legais objetivando a apuração criteriosa do que foi afirmado” pelo capitão.

 

Armamento da guarda

Para completar a onde de polêmicas, Wagner afirmou que, em seu mandato, lutará para que a Guarda Municipal passe a ser equipada com armas letais e que o candidato que ele apoiará no segundo turno em Fortaleza, Elmano de Freitas (PT) também é a favor do armamento da corporação.


“Ele (Elmano) me disse isso em uma conversa que tivemos”, destacou o vereador eleito. O assunto é uma das temáticas que mais divide opiniões na Capital.


Nas próximas propagandas do candidato petista no segundo turno, Wagner deverá aparecer pedindo votos para Elmano. “Vamos fazer isso, porque acreditamos que ele é o melhor para Fortaleza”.

 

Fala, internauta


Ídolos


Como é fácil fazer ídolos. Mas depois veremos que não passam de um monte de barro. Só mais uma mentira.

Carlos Gayneth Cristino Cunha

Coragem


Ô cabra macho.

Silvio

 

Pressão

 

Os 10 mil policiais que foram para o interior foram obrigados pelo governo para pressionar quem fosse contrario a seu projeto politico de virar um novo Chaves da Venezuela, não sair nunca do poder.

Alexandre

Moral


Esse capitão não tem moral para falar nada. A população ficou na mão dos bandidos na greve que ele comandou.

Filho

 

Ranne Almeida ranne@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
Ferreira 12/10/2012 22:57
Infelizmente a imprenssa cearense muda as notícias para poder chamar a atênção da sociedade, que pena.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
martiniano 12/10/2012 22:42
o proprio coordenador da coordenadoria de inteligencia ja foi acusado de fazer parte de um grupo de exterminio que e da oned esta´partindo as criticas supra citadas
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Gelda 12/10/2012 14:31
Tentei o cadrasto, má é muito difícil, especialmente quanto ao tamanho da foto, não aceitam nenhuma. Capitão Wagner foi coerente quanto ao apoio. Gelda Aguiar
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Gelda 12/10/2012 14:18
O capitão Wagner não foi torturado e nem boicotado pelo PT, mas pelo PSB=Ferreira Gomes. Voto nulo, mas a escolha é compatível com as atitudes do capitão.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Gelda 12/10/2012 14:17
O capitão Wagner não foi torturado e nem boicotado pelo PT, mas pelo PSB=Ferreira Gomes. Voto nulo, mas a escolha é compatível com as atitudes do capitão.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
35
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-04-24_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS