Escândalo dos banheiros 25/04/2012

Teodorico retorna ao TCE após 9 meses fora

Afastado desde que se viu envolvido no escândalo dos banheiros, o ex-presidente disse que nada impede sua volta. "Quem pediu pra sair fui eu"
FCO FONTENELE
Sessão foi marcada por burburinho diante da volta de Teodorico
Compartilhar

 

Suspeito de ser o principal personagem do escândalo dos banheiros e há nove meses afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o conselheiro Teodorico Menezes oficializou ontem seu retorno à Corte. “Não tem nada que impeça (o retorno). Quem pediu pra sair fui eu”, disse Teodorico, ao O POVO, por telefone.


Questionado se ele se considera apto a julgar atos do governo, com o escândalo dos banheiros ainda em apuração, o conselheiro argumentou que, segundo afirma, não é alvo de nenhuma investigação. “Não tem nenhum procedimento instalado, nada contra mim”.


Teodorico justificou que depôs ao Ministério Público só como testemunha. “O que tem é pessoa ligada a mim que é presidente de associação. Como tem a qualquer outro político. A minha responsabilidade é nenhuma”.


Pelo menos cinco dirigentes de instituições fraudulentas eram auxiliares ou parentes de Teodorico. Alguns foram doadores da campanha eleitoral do deputado estadual Téo Menezes (PSDB), filho do conselheiro.


Ele também não crê que seu retorno represente constrangimento. “Tem nove meses que estão nessa investigação e, até agora, não tem nada que me acuse de nenhuma denúncia”.


O retorno provocou surpresa e burburinho na tumultuada sessão de ontem, que tratou do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Ainda sem a presença do ex-presidente, os conselheiros especularam sobre o procedimento a ser adotado agora. A sala de Teodorico, à qual havia sido dado outro fim durante a licença remunerada, teve a desocupação providenciada ontem.


Ao longo do dia, Teodorico circulou pelos corredores, conversou com o presidente, Valdomiro Távora, e também com o corregedor Edilberto Pontes - responsável por apurar desvios dos conselheiros.


O retorno ocorre no intervalo no qual o pleno passará 15 dias sem realizar sessões. A próxima terça-feira, dia das reuniões, é feriado.

 

Quando


ENTENDA A NOTÍCIA


Teodorico se afastou em 21 de julho de 2011, sete dias depois que O POVO revelou, com exclusividade, que entidades fantasmas receberam dinheiro do Estado para construir kits sanitários que nunca foram entregues.

 

SERVIÇO

 

Tribunal de Contas do Estado do Ceará

Endereço: Rua Sena Madureira, 1047 - Centro

Telefone: (85)3488.5900

 

Hébely Rebouças hebely@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
Carlos 26/04/2012 08:27
Parabéns Dr. Tasso Jereissati: seu pupilo está de volta, né? Será que ele guarda muitos segredos?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Eumesmo 26/04/2012 01:25
Esse cara é uma vergonha, alem dessa safadeza ainda foi flagrado dirigindo embriagado, mas a justiça demora tanto que acaba indo pro esquecimento
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Rudson Nunes 25/04/2012 23:55
Os coleguinhas Conselheiros não vão ter coragem de votar pelo afastamento do Teodorico. Os favores, bases eleitorais e jeitinho não permitem e ainda tem um o corregedor Edilberto é cria dele. Que Pena! Melhor fechar mesmo.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Maria Oliveira 25/04/2012 21:19
Teodorico não foi julgado ainda, é verdade, o que é outra vergonha, mas as circunstâncias que o incriminam são tão evidentes que ele, se tivesse um mínimo de decência, escondida lá no fundo, sumiria para sempre. Mulher, filhos, empregados, todos envolvidos! Me poupe, né, Flor? Suspeito?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ademar Mender da Cabidella. 25/04/2012 20:11
É uma palhaçada mesmo. E a você que falou que suspeito não é culpado, creio que pra você o papai noel existe!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
40
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: HTTP Error 404: Not Found