[an error occurred while processing this directive] Patente: a luta para garantir um direito | Opinião | O POVO Online
Artigo 26/12/2016

Patente: a luta para garantir um direito

notícia 0 comentários


ECONOMIA

Há 14 anos realizei o grande sonho de todo empreendedor. Consegui tirar minha ideia do papel e transformá-la em realidade. Criei a Blu – Sistema Predial de Água Mineral, que, com o passar dos anos, se consolidou no mercado ao oferecer aos seus clientes o inédito serviço de central de água mineral. Só não imaginava que registrar uma ideia seria algo tão complexo e demorado.


A Blu é similar ao sistema de gás predial, mas o foco é o fornecimento de água mineral. São tubulações atóxicas e recipientes em aço inoxidável que levam a água direto da fonte para torneira de consumo, equipamento exclusivo da marca ou geladeiras side by side. Hoje, trabalhamos com as principais construtoras e incorporadoras do Nordeste e estamos presentes em vários empreendimentos em Fortaleza e Natal com nosso serviço, batizado de Blu Conceito.


Mas, mesmo com toda experiência comprovada com o sistema operando regularmente por anos, conquistei apenas no mês de novembro último o registro da carta patente do sistema de abastecimento e distribuição de água mineral a granel no Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (Inpi), que me concede em todo o território nacional, garantindo os direitos dela decorrentes, previsto na legislação em vigor. Foram 14 anos de trâmites burocráticos, de idas e vindas de processos e da constante luta para proteger e obter os privilégios desse sistema inovador.


Meu exemplo não é único, infelizmente. O Brasil patenteia pouco. O que significa que protege pouco as inovações aqui gestadas e desenvolvidas. São cerca de 2,5 milhões de solicitações anuais de patentes – com 1,2 milhão de concessões -, conforme dados da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI).

 

Estados Unidos, Ásia (em especial a China) e Europa lideram as demandas, com participação ínfima do Brasil. E isso é extremamente preocupante em um contexto de globalização e competição cada vez mais acirrada.


Espero que outros empreendedores não precisem desperdiçar tanto tempo e energia como eu na burocracia das patentes. Sob o risco de termos, cada dia menos, as boas inovações restritas aos projetos não levados à realidade. A Blu está aí para provar que o caminho pode ser percorrido. Mas bem que as entidades que resguardam os direitos não precisariam impor tantas dificuldades que só prejudicam a economia e o desenvolvimento do Brasil.

 

Henrique Hissa

henriquehissa@sistemablu.com.br

Empresário e sócio-diretor da Blu – Sistema Predial de Água Mineral

> TAGS: henrique hissa
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-11-16_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS