Artigo 17/04/2012

Prioridade? Aquário

Compartilhar


Nossas prioridades


Francisco Silveira Souza

silveira-souza2004@ig.com.br

Advogado e escritor


A construção de um aquário em Fortaleza, com as dimensões e opulência divulgadas pela mídia, não se afigura recomendável num Estado pleno de problemas como o nosso. É que temos crises de saúde, com intermináveis filas de pacientes na chuva ou no sol (muitos até ali pernoitando), em busca de uma ficha hospitalar. Nossa educação cambaleia por escassez de professores que, mal remunerados, vivem a deflagrar greves. Temos rodovias esburacadas, outras em reconstrução interminável como a Fortaleza-Sobral, cujo desvio por Itapipoca ou Canindé aumenta o percurso em 25%. O trânsito em Fortaleza é pra lá de caótico, movendo-se os carros a passo de cágado; o engarrafamento é tão doloroso que dá vontade de deixar o carro, no primeiro estacionamento, e continuar mesmo no pé dois.


Com a incidência das primeiras chuvas, as casas da periferia desta capital estão alagadas, seus moradores ao relento e mulheres grávidas deslocando-se em improvisadas canoas - faz pena ver tanta gente desabrigada.


Mas nossa maior prioridade continua sendo a insegurança. Os jornais e TVs só falam em assaltos, homicídios, drogas e “saidinhas bancárias”, como essas em que um jovens engenheiro foi torpe e selvagemente fulminado, deixando famílias no desespero.


De fato, a violência é um mal que requer solução imediata; um problema que evidencia a veracidade daquele paradoxo: enquanto os malfeitores perambulam em plena liberdade, os justos - enclausurados em suas moradias – vivem como prisioneiros.


Daí por que, inexoravelmente, o tempo, o clima, o ambiente, o cenário não estão para aquário. Deixemos os peixes e vamos cuidar do ser humano, visto que aquilo que não for urgente pode esperar anos a fio. Prioritário mesmo é um decisivo empenho em dizimar as mazelas que nos afligem, extinguir a violência que é fruto da falta de educação. Prioritário é tudo empreender, até mesmo com recursos do exterior, para minorar as crises decorrentes dos fenômenos naturais que ciclicamente assolam e maltratam nosso Estado: as secas e as enchentes.

 

Compartilhar
espaço do leitor
alaercio flor 30/04/2012 11:59
Sou da Opinião que deve haver no Aquário do Ceará um tanque para as piranhas e os tubarões,longe de acesso dos políticos para que aqueles não corram risco de serem devorados pelos concorrentes predadore
Este comentário é inapropriado?Denuncie
alaercio flor 28/04/2012 11:31
Este Aquário é que se pode chamar de um verdadeiro elefante branco. E ninguém sabe o que fazer com o bicho depois de feito quando há necessidade de dinheiro para saúde,segurança e educação...Est
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Gustavo Simplicio Moreira 17/04/2012 07:04
temos que ficar atentos é com as licitações!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
3
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Erro ao renderizar o portlet: Barra Sites do Grupo

Erro: HTTP Error 404: Not Found