[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Família de craques | Esportes | O POVO Online
Futebol 25/06/2011 - 17h00

Família de craques

Mozart Neto dá continuidade à paixão e tradição da família de desportistas do futebol cearense

Mozart Barbosa Gomes é da terceira geração de uma família de craques de futebol. Neto do coronel Mozart Gomes - presidente do Fortaleza na década de 1950 -, filho de Moésio, sobrinho de Mozart e sobrinho-neto de França – três grandes artilheiros que marcaram a história do futebol cearense. Conhecido como Mozart Neto, iniciou sua carreira de jogador na escolinha do Fortaleza, aos 10 anos. Atualmente, é treinador.

 

“Já passei da época de jogar há muito tempo”, confessa. A decisão de aposentar

as chuteiras para dar lugar à prancheta se deu aos 36 anos. Em 2008 e 2010, Mozart treinou o Eusébio Esporte Clube. No início de 2011, foi a vez de treinar o Esporte Clube de Patos, na Paraíba, por três meses. Agora em julho, ele volta ao comando do Eusébio. Vai preparar a equipe para a 3ª Divisão do Estadual, que começa em agosto.

 

Como jogador, Mozart foi meia durante 26 anos. Jogou no Brasil, Chile e Portugal. Voltou para a “terrinha” porque as saudades não o deixaram continuar no exterior. “O cordão umbilical cearense é muito curto”. Quando retornou, seu objetivo era claro: treinar. “Ou eu voltava ou ficava velho demais para ser treinador”.

 

Mesmo com todo conhecimento adquirido pela prática e pela tradicional família do futebol, Mozart não se contentou com o básico. Ele cursa a faculdade de Educação Física. Além disso, fez o curso de treinador até o segundo nível (são quatro para concluir), em Portugal. O estudo não é exigido no Brasil, decisão da Fifa que ele lamenta.

Sem mais craques
Os dois filhos de Mozart Neto moram no exterior e resolveram não seguir a carreira de seus antecessores. O pai garante que não se chateia com a decisão deles. “Para jogar tem que ter aptidão e paixão. Enquanto todo mundo se diverte em dia de jogo, os jogadores trabalham demais”. Porém, ao comparar a função de jogador e treinador, Mozart não titubeia ao dizer que o atleta sofre menos. “O treinador tem vontade de entrar no campo e fazer alguma coisa, mas não pode. É angustiante”.

PERFIL

Mozart Barbosa Gomes (Mozart Neto), meia
Nascimento: 6/2/1962
Clubes:Juvenil do Ceará, Club Deportivo de Concepción (Chile), Recreio esportivo de Águeda, Oliveirense e Vouzelense (Portugal).
Títulos: Campeão como auxiliar técnico do Juvenil (1984). Vice da subdivisão no Oliveirense (1992)


PERFIS

Mozart Gomes (Mozarzinho), atacante
Nascimento: 5/1/1939
Morte: 7/9/2009
Clubes: Fortaleza, Náutico, Fluminense, Ceará, América, Remo, Comercial, XV de Jaú e Ferroviário
Títulos: Campeão cearense (1964, 65 e 69), campeão Norte-Nordeste de Seleções (1962) e vice da Taça Brasil (1968)

Moésio Gomes (“Paim”), ponta direita e centro
Nascimento: 7/12/1934
Morte: 20/1/1992
Clubes: Paissandu, Náutico e Fortaleza
Títulos: Como jogador, Fortaleza (1953 e 54). Como treinador, Fortaleza (1974 e 82) e Ceará (tetracampeonato em 1978)

Raimundo Araújo França, o França, centroavante
Nascimento: 16/1/1918
Morte: 5/1/2003
Clubes: Tramways, Ginásio São João, Fortaleza, Ceará, Fluminense e Rio Negro.
Títulos: Ceará (1941 e 42) e Fortaleza (1946, 47, 49 e 54).

Tatiana Pavarino
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor no:
espaço do leitor
antonio pereira 01/09/2011 13:16
Desconheço até hoje, jogadores com a categoria do moésio, e com a raça do mozarzinho. tempos bons que não voltam mais. um grande abraço a querida torcida do leão do pici. antonio
Este comentário é inapropriado?Denuncie
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-12-18_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima