[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Para brincar de ser chef, massas artesanais pré-prontas | Economia | O POVO Online
Massas artesanais 10/10/2015

Para brincar de ser chef, massas artesanais pré-prontas

Mesmo sem muita intimidade com o fogão, dá para brincar de ser chef com massas artesanais pré-prontas
notícia 0 comentários
{'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 18933, 'email': 'ingridrodrigues@opovo.com.br', 'nome': 'Ingrid Coelho'}
Ingrid Coelho ingridrodrigues@opovo.com.br
SARA MAIA
Karina, Ignácio e Raquel Capelo, da Pastifício Primo, família reunida na produção e venda de massas
Compartilhar


De invenção chinesa e marca da culinária italiana, elas também a fazem sucesso no Brasil. Se na culinária fazer arte é encantar não só aos olhos, mas essencialmente ao paladar, as massas - que graças a uma mescla de culturas se moldam em espaguetes, fettuccines e tantas outras modalidades existentes - podem ser facilmente consideradas verdadeiras obras.


Mesmo quem não tem tanta intimidade com o fogão ou prefere comodidade pode brincar de chef com massas artesanais pré-prontas. Quem garante é Ignácio Capelo, um dos sócios franqueados do Pastifício Primo, que vende os produtos.


A ideia surgiu no final de 2013, segundo Ignácio. Até então, ele se considerava um “masseiro de fim de semana”. A paixão pela cozinha italiana e a vontade de empreender se encontraram quando o empresário descobriu a franquia paulista Pastifício Primo, idealizada por Ivan Bornes. “Viajei algumas vezes para a Itália, participei de eventos e cursos, estudei o mercado e, principalmente, aprofundei meus conhecimentos sobre o processo de fabricação artesanal”, relembra Ignácio.


Massas frescas no balcão, produção visível ao cliente, além de uma decoração que condizia com as ideias de Ignácio foram atrativos que pesaram na decisão, mas não foram os únicos. Percebendo uma mudança de hábito dos fortalezenses, Ignácio teve a certeza de que faria a coisa certa ao se tornar um franqueado.


“Hoje, as pessoas estão mudando, saindo menos, se reunindo na casa de amigos. Fazemos nossas massas pensando principalmente nessas pessoas que querem ter bons momentos em família ao redor da mesa de casa”, explica. Foi então que veio a decisão final de abrir o negócio, que atualmente é administrado também pela esposa de Ignácio, Raquel Capelo, e pela irmã, Karina Capelo.


“Tomada a decisão, investimos na escolha do ponto, compra de equipamentos, projeto e execução da obra. Na reta final, fomos a São Paulo para o treinamento pré operacional”. Ele destaca que, simultaneamente, ele e as sócias iniciaram a busca por fornecedores e contratação de funcionários. Atualmente, a empresa conta com seis colaboradores.


Pratos

Com receitas baseadas na história familiar e memórias dos Capelo, Ignácio conta com orgulho que a origem do nome de um dos molhos da Pastifício vem do carinho por sua mãe. “O Filetto da Dona Ninita, molho de carne cozida no vinho tinto com funghi, é uma receita da minha mãe que adaptamos para nossas vitrines e estão em todas as lojas da rede”.

 

Como desafio na sua trajetória, ele aponta a busca por profissionais. “Foi difícil formar e treinar uma equipe comprometida com nossos conceitos e padrões de qualidade. Investimos constantemente em políticas de Recursos Humanos, qualificação e treinamento dos nossos funcionários”, explica.


Ele ressalta que o produto de maior sucesso no Pastifício Primo em Fortaleza é o sacottine com recheio de carne de sol, queijo coalho e cebola caramelizada. “Temos também algumas opções como o sorrentino de brie com damasco e o ravioli na massa de vinho tinto com recheio de cordeiro, que fazem muito sucesso. As massas tradicionais também não podem faltar, como espaguete e linguine”.


O privilégio de ganhar a vida e se dedicar a algo que proporciona tanto prazer - para si e para os outros, vale salientar - é uma das grandes realizações de Ignácio. Mas por outro lado, ele não deixa de frisar que o ramo exige muita participação. “É preciso muita dedicação, principalmente no quesito qualidade. Não podemos descuidar dos pequenos detalhes que no final fazem toda a diferença”, completa Ignácio, acrescentando que a expectativa é abrir outras lojas a partir do ano que vem.

 

NÚMEROS

 

59,90

reais por quilo

preço do maior sucesso da Pastifício: Sacottine com recheio de carne de sol e queijo coalho

 

SERVIÇO

 

Pastifício Primo

Rua Desembargador Leite Albuquerque, 350

3023-2520

fb.com/pastificioprimofortaleza

Trattoria Alfio

Rua Professor Dias da Rocha, 303

3082-2522

fb.com/trattoriaalfio

 

Saiba mais


Exemplos de pratos


Pastifício Primo

- Sacottine com recheio de carne de sol, queijo coalho e cebola caramelizada R$ 59,90/kg

- Sorrentino de brie com damasco R$ 79,90/kg

- Ricota ao pesto R$ 39,90/kg

Trattoria Alfio

- Lasanha Verde R$ 42

- Ravioli R$ 32 a R$34

- Fettuccine R$ 29 a R$ 52

 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-12-12_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima

Jornal de Hoje | Economia