[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] O POVO discute qual é a educação formal de que precisamos | O POVO
Pais e filhos 26/10/2015

O POVO discute qual é a educação formal de que precisamos

Neste período de matrículas escolares, O POVO convida você a conversar sobre a educação formal e detalha os principais métodos pedagógicos
notícia 1 comentários
{'grupo': 'Rep\xf3rter', 'id_autor': 18877, 'email': 'sararebeca@opovo.com.br', 'nome': 'Sara Rebeca Aguiar'}
Sara Rebeca Aguiar sararebeca@opovo.com.br
FOTOS EDIMAR SOARES 6/10/2015
Alunos do 6º ano da escola Waldorf Micael, no bairro Água Fria, que segue a metodologia antroposófica
Compartilhar

Quando Inês nasceu, a mãe não entendia muito sobre escolas e métodos pedagógicos. Até percebia diferenças entre algumas instituições e sabia da importância de certos ensinamentos para uma criança. “Quando comecei a visitar as escolas, comecei a me incomodar. Buscava uma que não aplicasse o mesmo jeito de ensinar para todos os alunos, uma escola em que cada um fosse visto a partir das suas individualidades”, conta Joana.

Nesta época do ano, pais, como Joana, também se enchem de dúvidas. Em uma época de tantas violências, é comum perguntar-se: existe uma educação escolar ideal para abrandarmos um planeta tão cheio de injustiças? Quais as possibilidades existentes na educação formal?


Nas teorias da médica Montessori, Joana encontrou respostas e um novo ideal para a vida toda. Há cerca de um ano e meio, com outras mães, decidiu fundar em Fortaleza uma escola toda fundamentada nos ensinamentos da educadora italiana, a Escola Casulo. “Fui em busca da educação que fazia mais sentido pra mim, para Inês”, justifica Joana.


Para o diretor do Centro de Educação da Universidade Estadual do Ceará (Uece), professor Albio Moreira Sales, é preciso perceber, antes de mais nada, que a tarefa de educar é bem mais complexa do que escolher uma boa escola.


“A maioria das escolas experimenta pouco. Temos um sistema que mudou pouco em séculos. E isso muito por culpa dos próprios pais, que exigem resultados, números, aprovações. A boa educação não está apenas em aprovações, mas em questionamentos que se faz, em comportamentos de ação, de desacomodação, de transformação do que está posto. Os professores que até tentam algo novo sofrem resistência. Ainda estamos fechados demais para ousar”, critica o pesquisador.


O professor Oto de Sá Cavalcante, diretor da Faculdade e Colégio Ari de Sá, reforça o papel determinante da família, muito mais do que da escola, na formação das crianças e dos adolescentes. “O afeto e o exemplo que vêm dos pais são indispensáveis e é algo que a escola jamais vai conseguir substituir”, diz.


Autonomia

Comprometido com uma educação diferente não apenas para os filhos, João Batista de Carvalho passou de pai para professor da instituição que segue a pedagogia em que ele acredita. Na Escola Waldorf Micael, o currículo é todo construído pelas necessidades pertinentes à idade e com flexibilidade para se adequar a cada uma delas. “O equilíbrio entre o desenvolvimento intelectual, social e emocional da criança é muito importante”, destaca João.

 

Para o professor Tales, diretor da Faculdade e Colégio Farias Brito, o segredo da boa educação escolar reside no discurso coerente da instituição e no respeito que ela deve prezar às diferenças. “Uma proposta pedagógica que prime por esses dois aspectos cria o alicerce necessário à construção do conhecimento e ao desenvolvimento de valores humanos”, resume.

Compartilhar

Veja também

Erro ao renderizar o portlet: Interna - Noticia Comentario

Erro: Sql 'select_comentarios_reply' not found (Environ:DBError)
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-03-21_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Página Cotidiano