[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Obama diz entender preocupações do Brasil sobre espionagem | O POVO
G-20 06/09/2013 - 11h57

Obama diz entender preocupações do Brasil sobre espionagem

"Levo estas acusações muito a sério", disse Obama em uma coletiva de imprensa
AFP
Obama afirmou que os interesses do seu país com México e Brasil são maiores do que a questão da espionagem
Compartilhar

O presidente americano, Barack Obama, declarou nesta sexta-feira, 6, em São Petersburgo que entende as "preocupações" de Brasil e México sobre as acusações de espionagem dos serviços secretos de seu país e que as leva "muito a sério".
"Levo estas acusações muito a sério", disse Obama em uma coletiva de imprensa, antes de assegurar que "entende as preocupações" da presidente Dilma Rousseff e do presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, que lhe pediram explicações.
O presidente dos Estados Unidos afirmou que os interesses do seu país com México e Brasil são maiores do que a questão da espionagem, e que não “assina embaixo de tudo que os jornais dizem” a respeito do assunto. Sobre atuação da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês), Obama cogitou dar "um passo atrás" para analisar a forma como as tecnologias têm sido usadas.


Obama ressaltou que “há uma gama de interesses” nas relações envolvendo os EUA e os dois países que, segundo denúncias veiculadas na imprensa, foram espionados. “Especificamente sobre Brasil e México, temos de analisar as alegações. Não assino embaixo de tudo que os jornais dizem. Levo as alegações muito a sério, entendo as alegações de mexicanos e do povo brasileiro, e vamos trabalhar para ver onde está a fonte de tensão”, disse hoje (6), durante coletiva de imprensa em São Petersburgo, na Rússia, onde ocorre a 8ª Cúpula do G20, reunindo as maiores economias mundiais.

“A razão pela qual fui ao Brasil é que esse é um país importante e com história de sucesso na transição da ditadura para a democracia, além de ser uma das economias mais dinâmicas do mundo”, argumentou o presidente dos EUA.

Sobre a atuação da NSA, envolvida na espionagem ao Brasil e México, Obama disse caber à agência "buscar informações que não estão em fontes públicas", e que essa prática é similar ao que países mundo afora fazem por meio dos seus serviços de inteligência. “A verdade é que somos maiores e temos melhor capacidade”, emendou.

"Com a tecnologia mudando tão rapidamente, e as capacidades aumentando ainda mais, é importante que a gente dê um passo atrás e analise o que estamos fazendo, porque, só porque podemos conseguir as informações, não quer dizer que tenhamos que acessá-las. Pode ter aí uma relação custo-benefício que temos que pesar", completou o presidente norte-americano.

Ele considerou a possibilidade de a NSA fazer análises "camada a camada", para identificar o que, posteriormente, pode ser analisado de forma mais aprofundada.
AFP e Agência Brasil

Compartilhar
espaço do leitor
Lunga Jr 07/09/2013 08:14
Tá bom OBRAMA já que é tão bonzinho divulgue o que foi espionado. Duvido alguém falar maisneste bode bem fedorentinho. Tem nêgo com o fiofó que num cabe um dólar em Brasília. Quanta hipocrisia, todos espionam todos no mundo de hoje? Até eu entro hoje no caderninho azul da CIA. É a glória, virge.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-01-21_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Mundo

Powered by Feedburner/Google

Mais comentadas

anterior

próxima