[an error occurred while processing this directive][an error occurred while processing this directive] Melhor do Nordeste, Ceará diminui ritmo na educação | Coluna Política | O POVO Online
Política 31/07/2013

Melhor do Nordeste, Ceará diminui ritmo na educação

Compartilhar


Em duas décadas, o Ceará saltou da quarta para a primeira colocação do Nordeste em educação, segundo o Índice do Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), divulgado segunda-feira. Desde 1991, foi o sétimo estado do País que mais avançou nessa área. No entanto, o destaque entre os vizinhos é sintoma do atraso regional. No âmbito nacional, a liderança no Nordeste se transforma em 15ª colocação, abaixo da média do País. Quando são considerados estados do Norte e Nordeste, o Ceará fica na quarta colocação, atrás de Amapá, Roraima e Tocantins.


AVANÇO FOI MAIOR NOS ANOS 90 QUE NA ÚLTIMA DÉCADA

Os dados do IDHM sobre educação mostram que o crescimento cearense foi contínuo nesse período, mas ocorreu em maior intensidade na primeira das duas décadas desse intervalo: 84,8% entre 1991 e 2000; 63,13% de 2000 a 2010. No primeiro ciclo, os presidentes foram Fernando Collor, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso. No Ceará, governaram Ciro Gomes e Tasso Jereissati. O segundo período incluiu o fim da era FHC e os dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva. No Ceará, o fim do governo Tasso, a gestão Lúcio Alcântara e o primeiro mandato de Cid Gomes (PSB).

Em 1991, o Ceará era o quarto estado do Nordeste em indicadores de educação. Em 2000, chegou ao segundo lugar. Em 2010, ao primeiro. Entre 1991 e 2000, o Estado teve o quinto maior avanço no País. De 2000 a 2010, ficou na 12ª colocação em percentual de melhora do índice. E foi o quinto pior do Nordeste em evolução nessa última década.


A MEDIDA DO SUCESSO

O que mostra que os merecidamente comemorados resultados obtidos pela atual administração representaram a continuidade do processo que remonta a pelo menos duas décadas atrás. E, embora sejam justos os elogios que levaram a metodologia inovadora a ser copiada País afora, não se trata de nada de milagroso. Pelo contrário, o cenário, após tanto tempo decorrido entre o governo de um irmão e outro, a situação está muito longe de ser aceitável, que dirá satisfatória.

 

O SUCESSO E O FRACASSO DE FORTALEZA

Fortaleza aparece na primeira colocação do IDHM relacionado à educação, embora tenha sido a área mais criticada da gestão municipal nos oito anos de Luizianne Lins (PT). Por outro lado, apesar de manter a dianteira, a Capital teve a menor evolução do Estado nas duas décadas analisadas, com destaque negativo, de fato, para a última década. Entre 1991 e 2000, período marcado pela era Juraci Magalhães, o IDHM da educação da Capital cresceu 45,5%. Já de 2000 a 2010 - fim do período Juraci e quase todo o mandato de Luizianne, a evolução foi de 30,15%.

Em parte, o resultado é mesmo fruto da péssima situação educacional do Município. Por outro lado, porém, os municípios cuja situação é melhor estiveram, como regra, entre os que tiveram menor evolução. Afinal, onde o cenário já é mais confortável é mais difícil dar o salto. Por exemplo, Sobral - que passou a ter o segundo IDHM da educação no período e foi considerado modelo nessa área na época em que Cid Gomes era prefeito - foi o 170º município em evolução do IDHM na educação de 1991 a 2010.

 

Compartilhar
espaço do leitor
Samuel Vidal 31/07/2013 20:47
O link do meu 2º comentário, sobre a queda da nota do Spaece-Alfa 2012, está incompleto. O site correto é: http://i.imgur.com/A9I3E0R.png
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Samuel Vidal 31/07/2013 20:37
Na Prova ABC 2012, da ONG Todos pela Educação, o Ceará teve resultados muito ruins no 3º ano do fundamental, colocando em dúvida o PAIC. Entre 27 estados o Ceará foi o 20º em matemática, o 21º em escrita e o 14º em leitura. http://www.todospelaeducacao.org.br//arquivos/biblioteca/prova_abc.pdf
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Samuel Vidal 31/07/2013 20:19
Quanto a qualidade da educação do Ceará, preocupa a queda das notas do Spaece-Alfa em 2012, em relação a 2011. Se o mapa do Spaece fosse uma camisa, ele teria "desbotado". O Mapa verde escuro de 2011 que encantou o Ministro Mercadante, ficou verde claro em 2012. Veja: http://i.imgur.com/A9
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Samuel Vidal 31/07/2013 20:11
O avanço do IDHM Educação nas 2 últimas décadas é normal,porque o índice é muito focado em indicadores quantitativos como o aumento da escolaridade. Porém na questão da qualidade ainda estamos muito longe do ideal, houve apenas uma pequena melhoria nas séries iniciais do fundamental, nos anos 2000.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
4
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Política

RSS

Política

Érico firmo

Escreva para o colunista

Atualização: Terça-feira a Sábado

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-12-10_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

Newsletter

Receba as notícias da Coluna Política

Powered by Feedburner/Google

Mais comentadas

anterior

próxima

O POVO Política | Coluna Política