O POVO Economia 21/10/2016

Qual a energia do futuro?

notícia 2 comentários
DictSql({'grupo': ' ', 'id_autor': 16464, 'email': 'neilafontenele@opovo.com.br', 'nome': 'Neila Fontenele '})
Neila Fontenele neilafontenele@opovo.com.br


A área de energia é considerada promissora, mas ainda há muitos questionamentos sobre os caminhos que devem ser seguidos e os impactos sobre as cidades.


Por exemplo: será que os estacionamentos serão um grande negócio daqui a 20 anos, se der certo a política de veículos elétricos? Teremos mesmo de escolher entre a destinação da água para consumo humano e para termelétricas?


Em entrevista à coluna, o presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (Cerne), Jean-Paul Prates, explica que essas discussões estão na pauta do setor elétrico. Na próxima segunda-feira, no auditório do Sebrae-CE, o Simpósio Power Future Symposium discutirá parte desses temas.


O evento é uma prévia do All About Energy, que será bienal, e foca em quatro áreas centrais: energia eólica, energia solar, bioenergia e consumo sustentável. Nesse primeiro simpósio, Jean-Paul conta que foi escolhido trazer o caso da Califórnia, cujo governo passou por situação semelhante à do Ceará em relação aos problemas com água. Virá a Fortaleza um membro da Comissão Energética da Califórnia, Andrew MacAllister, que fará palestra especial sobre a energia e o mundo em 2030.


CNI 1


OTIMISMO PARA 2018


O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, destacou esta semana que a indústria brasileira começará a se recuperar em 2017 e provavelmente voltará a crescer a partir de 2018.


Ele participou de reunião com aproximadamente 100 empresários brasileiros e japoneses, na sede do Keindaren (entidade que representa a indústria japonesa). Para ele, o crescimento da indústria depende do aumento do mercado interno e das possibilidades no comércio exterior. Mesmo com as turbulências econômicas, ele disse que o País apresenta muitas oportunidades.


Apesar dos prognósticos positivos, ainda há várias pedras no caminho e a maior é a taxa de juros que impossibilita investimentos.


CNI 2


INFLAÇÃO DENTRO DA META


A redução de 0,25 pontos percentuais na taxa Selic, na avaliação dos industriais, marca o início do ciclo de queda de juros. A esperança é de que o País saia da recessão.


O problema é que a redução dos juros no contexto atual reflete a paralisia do mercado. Com a recessão e a desaceleração dos preços, as expectativas da CNI são de que a inflação alcance o centro da meta de 4,5% em 2017.


IONE


IBYTE CRIA NOVA MARCA


A Ibyte apresentou ontem sua nova marca: iOne, que será destinada às lojas que trabalham com produtos Apple. A primeira loja será inaugurada na 1ª quinzena de dezembro deste ano, no North Shopping, com cerca de 180 metros quadrados, dentro do layout padrão das unidades Apple Premium Resellers.


O gerente geral da Ibyte, Nelson Gurgel, em entrevista ao O POVO Economia, diz que a escolha da primeira unidade no North Shopping foi bem pensada. A loja queria mostrar que os produtos são acessíveis em todas as praças e que a localização está em franco crescimento econômico.


FNE


NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS


O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, esteve reunido ontem à tarde, em Brasília, com o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, o cearense Mansueto Almeida.


Foi acompanhado dos empresários Assis Neto e Carlos Prado, do diretor da entidade, Fernando Castelo Branco, e do ex-deputado e consultor Firmo de Castro. A pauta do encontro foi a renegociação das dívidas do empresariado e da indústria com o Fundo Constitucional do Nordeste (FNE).


Os valores dos débitos são altos: dos R$ 22 bilhões financiados pelos fundos (FNE, Finam e Finor), o percentual de débitos não pagos é de 90%.


Um dos problemas desse débito: os juros.


IEL


JOGO INTERIOR


O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) está mudando sua política de treinamento. O superintendente da instituição, Ricardo Sabadia, ressalta que há uma adequação às necessidades de relacionamento das empresas, com foco na gestão e nas pessoas para a construção de novos modelos de negócios.


A palestra do ex-tenista Tim Gallwey, no próximo dia 27, no Teatro RioMar, faz parte desse processo: mostrar o “jogo interior”, como diz o ex-atleta, necessário para a realização do trabalho, onde o foco não é o adversário mas a bola.


“Falando sobre meias ou ações, gosto de comprar mercadoria de qualidade quando está na promoção”

Warren Buffet, investidor norte-americano

 

RÁDIO


O POVO Economia da Rádio O POVO CBN (FM 95.5), a partir das 14 horas. Destaque para o quadro “Atacado e Varejo”, com o jornalista Eliomar de Lima.


TV


Você pode assistir ao programa O POVO Economia também através do portal: http://tv.opovo.com.br/opovoeconomia.

 

espaço do leitor
MARCELO PIMENTEL 21/10/2016 11:56
Empresários pegam dinheiro público emprestado e dão 90% de calote. Será que faz falta esse dinheiro, onde?
Zilce 21/10/2016 11:31
O Estado do Ceará tem 573 km de costa e esta poderia ser muito bem utilizada com a implantação de Usinas de Dessalinização da água do mar. Bastava que alguns milhões destinados ao aquário, tatuzões e Centro de Formação Olímpica tivessem sido utilizados para esta solução.
2
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

o povo economia

RSS

o povo economia

Neila Fontenele

Atualização: Terça-feira a Sábado

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2018-11-20_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

Newsletter

Receba as notícias da Coluna Abidoral

Powered by Feedburner/Google

Mais comentadas

anterior

próxima

O POVO Economia| Colunas Economia