[an error occurred while processing this directive] É hora de se exercitar! | O POVO
É o bicho! 03/12/2016

É hora de se exercitar!

Exercícios físicos para pets são essenciais para a saúde e bem-estar. Saiba como incluí-los na vida dos bichinhos
notícia 0 comentários
Animais estressados ou muito quietos podem ser sintomas de problemas de saúde

Que os exercícios físicos são importantes para a vida humana nós já estamos cansados de saber. Mas é essencial lembrar que as atividades físicas também não podem ficar de fora da rotina dos pets. Elas ajudam a combater o estresse, ansiedade e problemas de saúde mais comuns na vida dos bichinhos.
 

Segundo o Mundo das Tribos, somente através de exercícios é possível chegar mais perto do nível de vida considerado saudável. É uma maneira de deixar os ossos e articulações sem qualquer tipo de problema.
 

Antes de tudo, é preciso levar o pet ao médico veterinário para conhecer melhor suas condições físicas e mentais. Saber os limites do animal é de extrema importância. No início, são indicadas atividades mais leves e tranquilas. Após certo período – estipulado pelo veterinário, de preferência – uma maior intensidade nos ‘treinos’ são ideais.
 

Para cachorros, um dos exercícios mais conhecidos é o de jogar o objeto e fazer com que o animal pegue e traga ao tutor. Quando mais longe, melhor. O indicado para este tipo de prática é que seja usada uma bolinha, que não machuca e é o brinquedo preferido deles.
 

Há quem goste de andar de bicicleta e deixar o animal em casa por ser difícil ele acompanhar. Ao contrário: existem hoje no mercado coleiras específicas para isso, para que o tutor possa ficar com a mão livre e ter o controle sobre a bike e a respeito do animal.
 

Corridas em parques, subidas e descidas de escada, passeios ao redor do quarteirão. Tudo é favorável à saúde dos peludos. O importante é que eles ‘respirem novos ares’ e estejam sempre em movimento, conforme suas condições. 

 

RÉVEILLON SEM MEDO DOS FOGOS!
Na virada de ano, os barulhos dos fogos de artifício são um verdadeiro terror para os animais. Muitos entram em pânico e mudam radicalmente o comportamento. Segundo o veterinário e fundador da Animal Place, Dr. Jorge Morais, existem algumas maneiras de amenizar o medo, ansiedade, stress e irritabilidade de cães e gatos. 

‘’Técnicas de adestramento, o uso de medicamentos e coadjuvantes terapêuticos, como os florais, podem ajudar a aliviar o estresse, mas faz-se necessário uma consulta com profissionais especializados que ajudarão a identificar o melhor tratamento para o animal’’, explica. A dica é acomodar o pet em algum canto tranquilo da casa, onde ele sinta-se seguro. Deixar o animal preso a correntes é um grande erro. Tape os ouvidos do pet com um chumaço de algodão parafinado (hidrófobo). Não se esqueça de retirá-los assim que o barulho cessar, já que podem causar infecções caso fiquem por muito tempo. No mais, amor e carinho são sempre o melhor remédio para os peludos.


MEU PET É SHOW
O golden retriever de Cauã Reymond, Simba, já foi apresentado pelo ator algumas vezes em entrevistas. O peludo é dócil e muito brincalhão, típico da raça. Uma fofura! .

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

É o Bicho

RSS

É o Bicho

Equipe do Buchicho

Escreva para o colunista

Atualização: Sábado

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Jornal De Hoje

Erro: [Errno 13] Permission denied: u'/home/presslab/public_html/ns142/arquivos/imgs/capas/2019-02-17_capa_populares_prez-61-77.jpg_tmp'

Newsletter

Receba as notícias da Coluna É o Bicho

Powered by Feedburner/Google

O POVO Entretenimento | É o bicho