Vai pro Paço ou não vai

Afinal, quem vai?

O analista político Dimas de Oliveira analisa hoje a participação dos pré-candidatos que foram ao Viva Domingo para o quadro vai pro Paço ou não vai

Erro ao renderizar o portlet: Galeria

Erro: Could not render: 'subtitle'
line 80: 				

Música 09/04/2012 - 07h42

A Vida do Viajante

notícia 0 comentários
Enviar por e-mail Imprimir Aumentar texto Diminuir texto Corrigir
Compartilhar

No final do ano passado, os telespectadores do Viva Domingo ganharam de presente de Natal um programa todo dedicado a um dos nomes mais importantes da cultura cearense. Mais ainda, o cantor Raimundo Fagner é uma referência da nossa música pelo Brasil e pelo mundo. Atendendo a pedidos, a TV O POVO reprisa o especial esta noite relembrando a trajetória deste artista que acaba de completar 40 anos de carreira.

Para entrevista, Fagner recebeu a jornalista e apresentadora Isabel Andrade para uma conversa sobre música, vida, família e amigos. Nascido no município de Orós, 352 km distante de Fortaleza, em 13 de outubro de 1949, Raimundo Fagner Candido Lopes começou a ter contato com música em casa, ao lado do pai e dos irmãos, todos cantores exclusivos do ambiente doméstico. Pelo rádio, ele conheceu as vozes de Orlando Silva, Francisco Alves, Mario Lanza e, principalmente, o Rei do Baião Luiz Gonzaga.

Na adolescência, participando de programas de TV e rádio, Fagner decidiu entrar no ramo da música e não tardou a conhecer uma turma com o mesmo interesse. Ricardo Bezerra, Belchior, Rodger Rogério, Ednardo foram alguns dos nomes ligados ao que ficou conhecido como Pessoal do Ceará e que depois se encontraria no disco/manifesto Massafeira, gravado em 1979 e lançado no ano seguinte. No entanto, a estreia fonográfica aconteceu oito anos antes, num compacto dividido com o conterrâneo Cirino, numa tentativa de fazer frente à dupla Antonio Carlos e Jocafi.

Ao longo desses 40 anos de estrada, Fagner viajou pelo mundo com sua voz inconfundível, seu violão nordestino e suas composições que transitam do erudito ao popular. Nesse tempo ele também fez parcerias marcantes com Mercedes Sosa, Zico, Ney Matogrosso, Ferreira Gullar e tantos outros artistas de diferentes áreas. Uma delas acabou ficando inédita por força das circunstâncias. Já com algumas ideias adiantadas, o cantor planejava um disco sobre futebol, dividido com o ex-jogador Sócrates e o maranhense Zeca Baleiro. Com o falecimento do Doutor Sócrates, o projeto acabou sendo arquivado.

Ainda assim, Fagner já está desenhando o que virá a ser seu 29º disco (excetuando um punhado de projetos coletivos, compactos e participação em trabalhos de amigos). No ano em que Luiz Gonzaga completaria seus 10 anos, o artista também espera tirar do baú uns vídeos inéditos feitos ao lado do Mestre Lua quando gravaram dois discos juntos. Ao Portal da Copa, ele também revelou que está finalizando um disco em dueto com Zé Ramalho e uma autobiografia. Vale à pena esperar.

Enviar por e-mail Imprimir Corrigir
Compartilhar
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor no:
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.

Programa Viva Domingo

Surpreenda-se

Sua revista semanal, programa da TV O POVO. Domingo às 20h30min.

Onde Assistir

Nos canais 48 (Canal Aberto), 24 NET, 23 Multiplay. Reprise às 7h (seg) e 11h (ter).

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Viva Domingo

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS