COMPROMISSO SOCIAL 14/06/2017 - 18h27

O que você precisa saber para adotar um animal de estimação

Muitos cachorros e gatos estão nas ruas ou em abrigos esperando um lar. Conheça o que deve ser levado em consideração antes de procurar a companhia de um pet e fazer dele
notícia 0 comentários
DictSql({'grupo': 'Especial para O POVO', 'id_autor': 19099, 'email': 'gabrielacustodio@opovo.com.br', 'nome': 'Gabriela Cust\xf3dio'})
Gabriela Custódio gabrielacustodio@opovo.com.br
Vasek Rak / SHUTTERSTOCK

Carinhosos e engraçados, gatos e cachorros podem ser ótimas companhias. Mas, no Brasil, muitos deles se encontram nas ruas das cidades ou em abrigos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 30 milhões deles estão em situação de abandono no País. A adoção se mostra como caminho para ajudá-los a alcançar uma casa.

Os pets, entretanto, não são um passatempo: eles exigem cuidado, dedicação e investimento por parte de toda a família e, antes de optar pela adoção, deve-se levar em consideração diferentes questões.

Em Fortaleza, diversas instituições, organizações não-governamentais (ONGs) e associações trabalham em prol dos animais abandonados. É o caso de iniciativas como a União Protetora dos Animais Carentes (Upac), o Abrigo São Lázaro e o Grupo de Proteção ao Animal (GPA). Na Cidade, são realizadas, inclusive, feiras voltadas para a adoção de animais em locais como os shoppings Benfica e Center Um.

Mas, para começar, antes de recorrer à adoção, os futuros donos de um cachorro ou gato adotado devem ter certeza da decisão e não agir por impulso. É o que aconselha Diol Almeida, protetora voluntária do Abrigo São Lázaro, em Fortaleza.

"É um animal, uma vida. Ele realmente tem que fazer parte da família", afirma. Entre os desafios de se criar um animal, Diol elenca os investimentos de tempo e dinheiro e a disponibilidade de espaço na casa ou no apartamento que vai acolher o animal.

Foto: CebotariN / Shutterstock

Em seguida, chegam as questões burocráticas. No caso do São Lázaro, os interessados na adoção participam de uma entrevista para que a entidade conheça-os e explique as necessidades dos animais. Ao ser aprovado na conversa e depois de se apaixonar por um filhote ou por um pet mais velho, chega a hora da documentação. É preciso que o adotante tenha mais de 21 anos e resida em Fortaleza. Por isso, são exigidos CPF, RG e comprovante de residência. Para que o processo seja concluído, é assinado um termo de responsabilidade.

Após a adoção, Diol chama atenção para a necessidade de realizar a castração, quando for necessário. Além disso, de acordo com ela, a São Lázaro mantém contato com a família para observar o desenvolvimento dos animais. "E se, por qualquer razão, a pessoa desistir da adoção, tem que nos devolver o animal. Nós fazemos acompanhamento, vamos à casa da pessoa para saber como ele está", acrescenta.

O QUE OBSERVAR ANTES DE ADOTAR
- Espaço: é necessário ter certeza de que há espaço necessário para que o animal se locomova, brinque e viva de forma saudável. Se for um apartamento, por exemplo, deve ser escolhido um cachorro de porte pequeno;
- Orçamento: os animais precisam de vacinas, consultas ao veterinário, remédios, acessórios e comida: os custos devem estar no planejamento financeiro da casa;
- Tempo: o gato ou cachorro não deve ficar presos em casa. Ao criar um pet, o dono deve estar ciente de que ele precisa de atenção e terá que sair para passear e brincar;
- Saúde: caso haja crianças na casa que receberá um animal ou algum morador tenha alergia, é importante procurar um cachorro que não solte muito pelos, por exemplo.

Foto: Inna Astakhova / Shutterstock

NA SÃO LÁZARO

Documentos necessários

- Termo de responsabilidade assinado;
- Comprovante de endereço: o interessado deve residir em Fortaleza,
- RG: deve ter mais de 21 anos,
- CPF

VEJA TAMBÉM

Quanto custa ter um animalzinho de estimação?

Saiba como se planejar para levar o pet na viagem de férias

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

Teaser da 11ª edição da Revista O POVO Cariri play

Teaser da 11ª edição da Revista O POVO Cariri

anterior

próxima

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS