Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
MAIS POLÊMICA 20/03/2013 - 10h52

Feliciano diz que lutas feministas podem criar sociedade predominantemente homossexual

O posicionamento do deputado e pastor que foi eleito para a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara está no livro "Religiões e política; uma análise da atuação dos parlamentares evangélicos sobre direitos das mulheres e LGBTs no Brasil"
notícia 24 comentários
AGÊNCIA BRASIL
Feliciano foi eleito recentemente presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara

Depois de declarações consideradas racistas e homofóbicas, o novo presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, Marco Feliciano (PSC-SP), abriu polêmica com outro setor historicamente oprimido: as mulheres. Em entrevista para o livro Religiões e política; uma análise da atuação dos parlamentares evangélicos sobre direitos das mulheres e LGBTs no Brasil, o deputado critica as reivindicações do movimento feminista e afirma ser contra as suas lutas porque elas podem conduzir a uma sociedade predominantemente homossexual. As informações são das Agência O Globo.

"Quando você estimula uma mulher a ter os mesmos direitos do homem, ela querendo trabalhar, a sua parcela como mãe começa a ficar anulada, e, para que ela não seja mãe, só há uma maneira que se conhece: ou ela não se casa, ou mantém um casamento, um relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo, e que vão gozar dos prazeres de uma união e não vão ter filhos. Eu vejo de uma maneira sutil atingir a família; quando você estimula as pessoas a liberarem os seus instintos e conviverem com pessoas do mesmo sexo, você destrói a família, cria-se uma sociedade onde só tem homossexuais, você vê que essa sociedade tende a desaparecer porque ela não gera filhos", diz ele na página 155, em declaração dada em junho de 2012.

LEIA TAMBÉM: Bancada do PSC exige que Feliciano explique vídeo que fala de renúncia

Feliciano preside reunião da CDH por apenas 8 minutos

No Twitter, em 2011, os alvos de críticas do pastor parlamentar foram os negros e os homossexuais. Para ele, os africanos são descendentes de um "ancestral amaldiçoado por Noé" e sobre a África repousam maldições como o paganismo, misérias, doenças e a fome."Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é polêmica. Não sejam irresponsáveis twitters rsss", disse em mensagem postada em seu perfil.

Sobre as relações entre pessoas do mesmo sexo, ele chegou a afirmar que "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos leva ao ódio, ao crime, à rejeição". Segundo ele, a mensagem foi uma resposta a ataques que diz sofrer de grupos defensores da causa dos homossexuais. Escolhido pelo PSC para comandar a Comissão de Direitos Humanos, essas declarações foram utilizadas por movimentos sociais e partidos de esquerda como argumento para tentar impedir que ele assumisse o cargo. Apesar das manifestações contrárias, ele foi eleito no último dia 7.

Segundo o pesquisador Paulo Victor Lopes Leite, do Instituto de Estudos da Religião (Iser), um dos autores do estudo, a posição de Feliciano sobre os direitos das mulheres não é exceção: refletiria o pensamento majoritário defendido pelos integrantes da Frente Parlamentar Evangélica. "Constatamos que os parlamentares evangélicos trabalham com a ideia de pânico moral, que se manifesta sempre que qualquer atitude ou comportamento se mostra diferente do conceito de família patriarcal, com pai, mãe e filhos. É a ideia de pânico moral que faz com que rejeitem qualquer transformação natural da sociedade, como o casamento igualitário e a necessidade de se discutir a legalização do aborto" avalia.

As afirmações de Feliciano provocaram revolta nos movimentos feministas. Para Hildete Pereira de Melo, professora da Universidade federal Fluminense (UFF) e pesquisadora de relações de gênero e mercado de trabalho, as convicções do parlamentar são atrasadas porque não acompanham as necessidades da sociedade.

"Ele é misógino e homofóbico. Desde a invenção da pílula anticoncepcional, os casais heterossexuais podem manter vida sexual ativa sem que a gravidez ocorra. Atribuir aos homossexuais a responsabilidade pela destruição da família é um delírio. A destruição tem como culpado o homem, que sai de casa e abandona os filhos quando o relacionamento termina. É preciso entender que os filhos são responsabilidade do casal, e não apenas da mulher", critica.

Redação O POVO Online

com informações da

agência O Globo

espaço do leitor
Talles Vargas 26/03/2016 13:51
em primeiro lugar.. Seu Feliciano! Vá pro inferno e vai cuidar da sua vida medíocre! Aposto que sua esposa deve estar precisando do senhor na cama, pois o senhor só se importa com os gays!! Vai dar atenção pra sua mulher e pro seus filhos e deixa os dos outros em paz!! Se somos gays ou não.. não somos com seu dinheiro de ladroagem! Seu lugar do lado de LUCIFER tá reservado seu corno maldito!
Talles Vargas 26/03/2016 13:50
em primeiro lugar.. Seu Feliciano! Vá pro inferno e vai cuidar da sua vida medíocre! Aposto que sua esposa deve estar precisando do senhor na cama, pois o senhor só se importa com os gays!! Vai dar atenção pra sua mulher e pro seus filhos e deixa os dos outros em paz!! Se somos gays ou não.. não somos com seu dinheiro de ladroagem! Seu lugar do lado de LUCIFER tá reservado seu corno maldito!
Max Müller 24/03/2016 11:56
Só uma pessoa com o Diabo da Ignorância no corpo para ter essas ideias de jerico. Seria hilário, se antes não fosse trágico: lembremo-nos de que esses demônios têm poder para transformar o Brasil num Evangelistão. E eles estão à mil para isso acontecer!
Felipe Pagliato 24/03/2016 11:36
"MESSIAS 20/03/2013 13:10 A mídia manipuladora deveria diferenciar a Fala do Pastor Feliciano e a Fala do Deputado Feliciano. Como Pastor ele não é obrigado a concordar com nem uma opinião que não seja fundamentada na sua crença!" Meu amigo, como vc pede que as pessoas que criticam o Feliciano façam essa separação se ELE MESMO não faz essa distinção??
Felipe Pagliato 24/03/2016 11:36
"MESSIAS 20/03/2013 13:10 A mídia manipuladora deveria diferenciar a Fala do Pastor Feliciano e a Fala do Deputado Feliciano. Como Pastor ele não é obrigado a concordar com nem uma opinião que não seja fundamentada na sua crença!" Meu amigo, como vc pede que as pessoas que criticam o Feliciano façam essa separação se ELE MESMO não faz essa distinção??
Ver mais comentários
24
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

o povo online

Participe desta conversa com @opovoonline

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Newsletter

Receba as notícias do Canal Política

Powered by Feedburner/Google

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse