Faz tudo 02/02/2014

Profissionais multitarefas estão mais valorizados

Segundo especialistas, os profissionais que não se limitam à atividade na qual são especializados são bem vistos no mercado de trabalho. Mas, alertam, é preciso formação
notícia 0 comentários
{'grupo': ' ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 18868, 'email': 'vanessafreitas@opovo.com.br', 'nome': 'Vanessa Freitas'}
Vanessa Freitas vanessafreitas@opovo.com.br
Compartilhar

 

Ser especialista e administrar somente sua função não basta. As empresas querem do que isso. Os profissionais com perfil generalista são os mais disputados no mercado atualmente. A figura do gerente, que administra os negócios, lida com equipes e resolve problemas extras é um exemplo desse novos perfil.


“Geralmente, esses profissionais chegam no mercado com uma graduação, uma pós ou um MBA. Essa formação é exigida pelo mercado. A vivência para ocupar o cargo também, pelo menos, uns cinco anos de experiência”, explica Rafaella Cysne, consultora em gestão de pessoas da Advance Gestão de Pessoas.


O mercado enxerga com bons olhos não somente o profissional qualificado, mas, principalmente, as competências que desenvolve, ressalta Magna Lobo, coordenadora de MBA em Gestão de Pessoas da Unifor. “O profissional hoje, além do conhecimento técnico, tem que saber executar as ferramentas de trabalho, deve ter a capacidade conceitual, ou seja, de pensar e ser um bom estrategista e também a habilidade de trabalhar com pessoas”, afirma.


De acordo com a coordenadora, é preciso ter a formação e a capacidade de transformar os negócios da empresa. Não dá para se fazer tudo, mas para se desafiar. O modelo de gestão de excelência é o que dá resultado e quando o profissional mostra as suas competências, a empresa tem que perceber em benefício próprio.


“O profissional que tem vontade de aprender, que busca novas técnicas na sua área, métodos e conhece a cultura da empresa cresce. O profissional é o grande gestor da sua carreira”, destaca.


Segundo Fátima Motta, professora e doutora do Núcleo de Gestão de Pessoas da ESPM e sócio–diretora da FM Consultores, o profissional com competências múltiplas é uma pessoa que está disposta a colaborar com o outro, tem facilidade em trabalhar em equipe e de participar de vários projetos diferentes.


“Esse profissional é aquele que monta uma planilha no excel e, ao mesmo tempo, escrever um texto no word. Eu posso vender em uma loja e ao mesmo tempo arrumar o estoque, por exemplo. Quanto mais eu consigo me desenvolver em tarefas diferentes, vou ser uma pessoa mais empregável”, ressalta Fátima.


A formação complementar também contribui no desenvolvimento das diferentes tarefas. Um gerente de marketing, por exemplo, deve ser formado em marketing e pode agregar outros conhecimentos como uma formação na área de administração, MBA em gestão de negócios e buscar cursos rápidos ou MBA em gestão de pessoas e planejamento estratégico. “Os profissionais da área de marketing, operações, logística, vendas, financeira. Eu diria que hoje a maior parte das empresas necessita desse perfil”.


Além disso, leitura, pesquisa e vivência são fatores que contam pontos para esses profissionais. “A gente aprende muito na vivência prática, é fundamental. Eu desenvolvo participando de treinamento, conversando com pessoas, lendo livros, fazendo trabalhos, sendo um mentor na empresa. Mas, a vontade de ir além é o que faz com que eu seja uma pessoa multitarefa”.


Em empresas com essa política, o profissional com esse perfil pode ganhar bem mais. Além disso, essas empresas utilizam o mesmo critério para promover os funcionários.

 

Dicas

 

PARA EMPREGADOS

1. Uma das necessidades dos cargos de gestão é ter um conhecimento amplo do negócio.

 

2. Para ganhar uma promoção ou ser contratado por uma empresa é preciso ter capacidade relacional e de liderança. Entender um número infinito de projetos, mas não saber gerenciar e lidar com pessoas diferentes não irá garantir uma promoção

 

3. Procure um algo a mais, que possa acrescentar à sua formação inicial. Se seu curso superior foi generalista, procure um curso mais direcionado à sua função específica ou á área de atuação ou segmento de sua empresa.


PARA A EMPRESA

1. Analise seus profissionais e valorize cada um dentro de suas qualidades e individualidades, buscando sempre orienta-los para melhorar seu desempenho no trabalho, seja ele específico ou geral.

2. Ofereça desafios aos seus profissionais. Isso irá motivá-los a crescer e buscar resultados melhores para a empresa.


> TAGS: mercado
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS