Boas ações 25/10/2012

Por uma vida menos ordinária

Um grupo de amigos se uniu em torno do objetivo de divulgar boas ações e estimular a sua prática. Assim nasceu a revista virtual Fazer o bem
GABRIEL GONÇALVES
Luzia Monalisa,Jessika Thais e Kelly Cristina: amigas e colaboradoras da revista virtual Fazer o bem.
Compartilhar

Todos os domingos, pela manhã, um grupo de aproximadamente 20 pessoas se dirige até a sede da ONG São Lázaro, no Siqueira, com um missão: dar banho, voluntariamente, em dezenas de cachorros que estão no abrigo da entidade. A ONG recolhe animais abandonados e promove a adoção deles. Como não conta com muitos funcionários, recorre ao que chama de “Mutirão do Banho” para deixar a limpeza dos seus hóspedes em dia.

 

A história destas pessoas que trocam a possibilidade de dormir horas a mais na principal folga semanal - ou até de curtir uma praia mais cedo - pelo exercício do voluntariado está na capa da mais recente edição da revista virtual Fazer o Bem (revistafazerobem.com.br), dedicada a divulgar e promover boas ações.


Criada neste ano, a revista surgiu da iniciativa de um grupo de amigos preocupados em estimular a ajuda ao próximo.


“Em meio a uma conversa minha com a (jornalista) Isabele Pequeno a ideia surgiu. Ela já tinha vontade de desenvolver um blog para divulgar boas ações e eu estava em uma época que queria me dedicar a uma ação mais ideológica e experimentar coisas novas em relação à minha criatividade”, conta a publicitária Kelly Cristina, que é responsável pela criação do projeto gráfico e diagramação da publicação online.


Além das duas, a equipe da Fazer o bem é formada pelos jornalistas Leonardo Ribeiro, Gabriela Ribeiro, Emanuele Sales e Jessika Thaís e pelas fotógrafas Luzia Monalisa e Carminha Campos. O site foi desenvolvido por Daniel Gularte.


A revista não tem fins lucrativos, vinculação religiosa nem filiação partidária. Todos os que nela trabalham são voluntários não-remunerados. Editorialmente, é definida como “um canal de acesso a informações sobre instituições e ações sociais voltadas a ajudar aos que mais precisam, sejam crianças, adultos, idosos, animais ou o meio ambiente”.

 

Publicidade

Como a intenção da revista é, além de noticiar boas ações, estimular seus leitores a adotarem, eles mesmos, estas práticas, a diretoria encontrou uma maneira sui generis para negociar os anúncios publicitários. Em vez de receber determinadas quantias em dinheiro pela cessão de espaço para a publicidade, eles trocam os anúncios por doações e não só em dinheiro. Também são aceitos donativos em rações para cães e gatos, kits de higiene, fraldas geriátricas e até em serviços. Caso o cliente seja um médico, dentista, veterinário, pintor, pedreiro etc pode trocar o anúncio por prestação destes serviços em alguma instituição filantrópica.

 

“O retorno de nosso trabalho se dá em abraços, sorrisos sinceros. Além de nos proporcionar uma visão de mundo mais humana e a sensação de que se cada um fizer o seu papel, as coisas realmente funcionam”, justifica Kelly. “Além de perceber que a ideia está crescendo, ao receber emails e ou ligações de instituições querendo fazer parte da revista, o que nos motiva cada vez mais, pois estão confiando em nosso trabalho”.

 

Periodicidade

A Fazer o bem tem publicação bimestral e já está em seu segundo número - o primeiro foi lançado em 13 de junho deste ano, o mais recente em 10 de setembro. Além da revista, as notícias sobre boas ações são atualizadas regularmente no site que a hospeda.

 

“Achamos que devemos ajudar o mundo com que sabemos fazer de melhor e com que escolhemos como profissão. Além de estarmos cansados de tantas notícias pautadas no ódio, na ambição e na vaidade. Temos um objetivo simples: promover boas ações”, explica Kelly.

 

O quê


ENTENDA A NOTÍCIA


A revista Fazer o bem tem o objetivo de divulgar e estimular a prática de boas ações. É resultado do trabalho voluntário de um grupo de jornalistas, publicitários, fotógrafos e designers. Seu primeiro número foi lançado em junho deste ano.

 

Multimídia


Leia a revista Fazer o bem e entre em contato com seus realizadores em www.revistafazerobem.com.br

Émerson Maranhão emerson@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
Caçadores de Bons Exemplos 14/01/2013 19:25
Parabéns ao grupo! Se cada um fizer sua parte faremos um mundo melhor! Nós tb acreditamos nisso por isso estamos na estrada desde janeiro de 2011 (Caçadores de Bons Exemplos) www.cacadoresdebonsexemplos.com.br
Este comentário é inapropriado?Denuncie
BETE 25/10/2012 09:52
são iniciativas como essas que nos faz crer que nem tudo está perdido nesse mundo tão individualista...
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Eliane 25/10/2012 09:42
Gente, que idéia bacana, quero fazer a minha parte...abraços. @ElianeBorges16.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Silvana Bastos 25/10/2012 07:07
Parabéns ao grupo! Incentivar o bem é sempre muito bom. Tem gente que esquece que somos todos irmãos, responsáveis pelo futuro do planeta que será herdado pelas próximas gerações. É a doença do egoísmo e do individualismo que - graças a Deus - tem cura.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
4
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS