PAC 21/07/2015

Máquinas vistas em fábrica "colhiam doações", diz Prefeitura

Segundo a gestão de Maranguape, máquinas estavam colhendo doação de entulhos para manutenção de estradas. O POVO flagrou caminhão-caçamba do PAC estacionado e sem motorista no estabelecimento privado
notícia 1 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18796, 'email': 'carlosmazza@opovo.com.br', 'nome': 'Carlos Mazza'}
Carlos Mazza carlosmazza@opovo.com.br
REPRODUÇÃO/INTERNET
Reportagem flagrou, em Maranguape, um caminhão-caçamba do PAC2 estacionado dentro do empreendimento privado
Compartilhar


Veículos do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC2) flagrados pelo O POVO em fábrica de calçados de Maranguape estariam recolhendo “doações de entulho” do local. Segundo a Prefeitura do município, que emitiu nota sobre o caso ontem, a gestão teria apenas direcionado as máquinas para retirar o material doado pela fábrica.


“A Prefeitura esclarece que ter recebido as doações foi uma forma de economizar na compra do mesmo material, que serve para manter as estradas vicinais”, diz nota da gestão. Na última semana, reportagem flagrou um caminhão-caçamba do PAC2 estacionado dentro do empreendimento privado.


Em gravação feita no mesmo dia pelo vice-prefeito do município, Luciano Girão, são vistas diversas máquinas da Prefeitura deixando a fábrica. Um caminhão-caçamba, no entanto, permaneceu e foi visto parado e sem motorista pela reportagem. Segundo vereadores do município, máquinas já trabalhavam no local desde o dia anterior.


A Prefeitura de Maranguape, no entanto, nega qualquer violação da legislação vigente. Ela reforça que foi feita apenas coleta de sobras de material de construção, com o objetivo de realizar a manutenção de estradas vicinais do município.


O procurador da República Patrício Noé da Fonseca destaca que o uso indevido das máquinas em territórios privados pode incorrer em ação de improbidade administrativa e crime de responsabilidade. Entre as sanções previstas, estão até mesmo a apreensão das máquinas, que deveriam ser públicas.


Denúncia

Em visita a municípios do Interior, O POVO de ontem constatou cenário de subutilização e até uso indevido dos equipamentos. Entre as máquinas encontradas, estão casos onde fronteira entre o público e o privado é nebulosa.

 

Em Granja, na Região Norte, reportagem flagrou, em maio deste ano, duas das máquinas realizando trabalhos de limpeza em um loteamento privado, próximo a um hotel. Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Granja negou uso do tipo e afirmou que equipamentos são destinados “exclusivamente” para construção de estradas e limpeza de rios.


Nos últimos meses, operações da Polícia Civil e Ministério Público Federal (MPF) já apreenderam máquinas que estariam tendo uso privado em Aracoiaba, Tarrafas e Tianguá. Denúncias semelhantes têm sido recorrentes no Interior. Existem ainda denúncias de que muitos municípios tem utilizado caminhões do PAC para coletar entulho.

 

> TAGS: maranguape
Compartilhar
espaço do leitor
Joao Silva 21/07/2015 11:37
Doações...sei...
1
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS