Justiça eleitoral 05/10/2014

Presidente do TSE pede voto consciente ao eleitor

notícia 1 comentários
MARCELO CAMARGO/ABR
Dias Toffoli, presidente do TSE
Compartilhar


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, recomendau ao eleitor que exerça seu voto de maneira livre e consciente neste domingo (5), primeiro turno das eleições. Em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, Toffoli pediu também que o eleitor não venda seu voto ou troque por favores.


“Neste domingo, quem é o dono do poder é você, eleitora, é você, eleitor. Exerça seu voto de maneira livre e consciente. Não troque o seu voto por favores. Não venda o seu voto. Isso é crime. É necessário que o eleitor tenha consciência de que, neste dia, 5 de outubro, nós estaremos decidindo o destino do nosso país”, afirmou Toffoli.


O ministro disse também que a Justiça Eleitoral garantirá a segurança do pleito, da urna eletrônica e o sigilo do voto. “O voto é um momento de igualdade de todos os brasileiros e, para isso, a Justiça Eleitoral está organizada no Brasil, por meio de seus tribunais, juízes, servidores e de mais de 2 milhões de mesários que estarão domingo recebendo o seu voto, garantindo que seu voto seja secreto. Só você tem o direito de saber em quem votou. E também garantindo que o voto dado na urna eletrônica será o voto computado”, acrescentou.


O presidente do TSE pediu que o eleitor reflita sobre a importância das eleições e escolha seus candidatos com tranquilidade. “Neste domingo, você estará decidindo o destino do país para os próximos quatro anos. É um momento de extrema responsabilidade. Reflita. Vá com tranquilidade à seção eleitoral e exerça o seu direito de votar naquele que você entenda ser o melhor, aquele que você entenda ser quem mereça a dignidade do seu voto”, concluiu.

 

Compartilhar
espaço do leitor
Júlio Coelho 05/10/2014 07:55
Pedir não basta. São necessárias ações efetivas e serias que coíbam o desvirtuamento dos eleitores. Como: compra de voto, uso da máquina publica inclusive os correios, para distribuir panfletos da Dilma, que todos sabem é certo a justiça eleitoral. O povo adverte mais a justiça ignora quando lhe con
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS