Faec 13/08/2014

Candidatos discutem futuro do agronegócio no CE

Evento realizado ontem por este setor produtivo abordou propostas com candidatos ao Governo do Estado. Ailton Lopes (Psol) não estava presente
notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18975, 'email': 'raulgalhardi@opovo.com.br', 'nome': 'Raul Galhardi'}
Raul Galhardi raulgalhardi@opovo.com.br
Compartilhar

 

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec) e o Conselho Consultivo do Pacto de Cooperação da Agropecuária Cearense (Agropacto) realizaram ontem encontro com os candidatos ao Governo do Estado para discutir propostas para o setor do agronegócio. Estavam presentes Eunício Oliveira (PMDB), Camilo Santana (PT)e Leonardo Bayma, candidato a vice-governador de Eliane Novais (PSB).


O primeiro a fazer sua exposição foi Eunício, que afirmou ser “inaceitável o momento em que estamos vivendo com quase todos os municípios do Ceará em estado de emergência”. O candidato criticou a demora na conclusão da transposição do rio São Francisco e do projeto Cinturão das Águas do Ceará (CAC) e disse que não teria nenhuma dificuldade para dialogar com qualquer dos três principais presidenciáveis, caso eleito, já que possui boas relações com todos.


Em seguida foi a vez de Camilo fazer a sua fala, ressaltando os avanços realizados pelo governo de Cid Gomes (Pros), como a conquista da autossuficiência energética do estado. Ele prometeu: “resolvemos o problema da energia e vamos resolver o problema da água no Ceará”.


Eliane Novais não compareceu por estar em sessão na Assembleia Legislativa e enviou seu vice, Leonardo Bayma, que prometeu buscar “uma convivência entre o agronegócio e a agricultura familiar”.


Ailton Lopes

O candidato do Psol, Ailton Lopes, não estava presente no evento. Segundo o presidente da Faec, Flávio Saboya, Ailton foi convidado, mas não quis comparecer por ter outro compromisso.

 

A assessoria de imprensa do candidato afirma que ficou sabendo do evento pela imprensa e que não recebeu convite para participar. “A Faec disse que não nos convidou porque Ailton deu uma declaração pública dizendo que era contrário ao agronegócio e a entidade não queria gerar constrangimentos a ele. De fato, essa é a posição política do Psol, mas nós não temos problema em fazer o debate com posições divergentes”, informou a assessoria do candidato.

 

Algumas propostas

 

Eunício Oliveira (PMDB)

Dar atenção especial para escolas na zona rural e investir na capacitação de trabalhadores rurais; desburocratizar licenças ambientais; extinguir lixões; ampliar a Ceasa; fortalecer e ampliar a assistência técnica rural; criar parcerias público-privadas para a produção de hortifrutigranjeiros e plantação de forrageiras; criar um parque tecnológico.


Camilo Santana (PT)

Criar a Universidade Federal da região norte; construir um parque de exposições agropecuárias no Sertão Central; concluir o

Cinturão das Águas e a Transposição do rio São Francisco; criar maiores incentivos fiscais para empreendimentos do setor mais distantes da capital; ampliar a Ceasa da Serra de Ibiapaba.


Eliane Novais (PSB)

Estabelecer sistema de governança descentralizado; concluir obras de infraestrutura hídrica; facilitar a outorga para uso de água de poços artesianos; intensificar a perfuração de poços; fortalecer o serviço público ligado a agropecuária; incentivar a atração de indústrias produtivas de insumos agrícolas.

 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS