Helicópteros 30/08/2013

Assembleia nega pedido de Heitor e Cid minimiza caso de helicópteros

Em sua página no Facebook, Cid postou foto da aeronave e disse que polêmica é "artificial". Já os deputados rejeitaram pedidos de esclarecimentos
FACEBOOK DE CID GOMES
Cid publicou foto no Facebook da parte interna da aeronave
Compartilhar


Em meio à controvérsia sobre a compra de helicópteros pelo Governo estadual – investigada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) – o governador Cid Gomes (PSB) usou sua página pessoal no Facebook para defender a aquisição. Ele postou fotos que mostram a estrutura interna de uma das aeronaves, com equipamentos de atendimento médico e classificou como “artificial” a polêmica em torno do caso. Também ontem, a Assembleia Legislativa rejeitou os requerimentos de Heitor Férrer (PDT), que pedia informações sobre a compra e o uso dos helicópteros.


“Um dos helicópteros da ‘artificial’ polêmica...”, escreveu Cid, sobre uma das fotos postadas. Em outra, disse que o helicóptero é “uma aeronave de duas turbinas, que pode voar à noite e está equipada com uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo)” e que “servirá para salvar vidas”. Questionado sobre o porquê da compra ter ocorrido sem licitação, o governador justificou que tais aeronaves são feitas na Alemanha e que não teriam similar no Brasil.


A compra dos helicópteros foi feita voa Programa de Modernização Tecnológica (Promotec), da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que dispensa licitação. O valor total é de R$ 78 milhões.


Pedidos rejeitados

A base aliada de Cid na Assembleia derrubou, por 22 votos contra cinco, os três requerimentos de Heitor Férrer, que solicitava esclarecimentos ao Governo e aos órgãos envolvidos na compra dos helicópteros. Votaram a favor da aprovação dos pedidos apenas Antônio Carlos (PT), Eliane Novais (PSB), Fernanda Pessoa (PR), o próprio Heitor e Roberto Mesquita (PV).

 

O líder do governo, José Sarto (PSB), disse que orientou a base a votar contra porque “tudo que Heitor questiona já foi respondido”. Ele lembrou ainda que requerimentos do pedetista sobre outras polêmicas foram aprovados, como no caso dos gastos com buffet e da viagem do governador à Europa. Conforme O POVO já havia noticiado na última quarta-feira, alguns membros da base avaliaram que Heitor estava “exagerando” em seus questionamentos. Tin Gomes (PSB) disse que os governistas precisavam “isolar totalmente” Heitor.


Após a votação, o pedetista disse que o governo estava indo na contramão da transparência e que os deputados estavam jogando fora a oportunidade para que ficassem evidentes os benefícios que as aeronaves trarão para o Estado. “Não somos contra a aquisição das aeronaves. O que questionamos é o modus operandi como foi feita a compra. (...) Qual o sentido de esconder a virtude da aquisição?”, indagou.

 

NÚMEROS

 

78

milhões é o valor da compra dos três helicópteros pelo governo

 

18

milhões é quanto o governo gastou, de 2012 para cá, em voos comerciais

 

Saiba mais


Em 2011, a Assembleia Legislativa aprovou financiamento para que o Governo do Estado adquirisse equipamentos para a área de ciência e tecnologia, através de um programa do Governo Federal.


Na época, não foi especificado que equipamentos constituiriam o objeto do financiamento. A aprovação também ocorreu no Senado e na Câmara Comercial Brasil-Alemanha.


Foram gastos R$ 78 milhões com três helicópteros, que começaram a chegar este mês. Além disso, há uma aeronave do mesmo tipo que já foi adquirida pelo Governo, por meio do Promotec, em 2010 e está sendo utilizada atualmente.


Diante disso, o deputado Heitor Férrer deu entrada em três requerimentos solicitando informações sobre a forma de aquisição das aeronaves, detalhes do modelo dos helicópteros, o custo unitário de cada um, o custo total, a modalidade de pagamento e os órgãos aos quais as aeronaves serão destinadas.


Os requerimentos foram rejeitados por 22 votos contra e cinco a favor.


Conforme O POVO publicou no último dia 27, de 2012 até hoje o Governo do Estado contratou R$ 18 milhões em voos comerciais.


No mesmo período, desembolsou mais R$ 22,4 milhões em voos fretados e R$ 78 milhões na aquisição de três helicópteros novos – investimento que, no total, passa de R$ 118 milhões, só nos últimos 18 meses.

 

> TAGS: Cid Gomes
Compartilhar
espaço do leitor
lobo 31/08/2013 21:10
Nós estamos perdidos Somos um país de mal educados. Sem educação. A OAB Ceará não consegui afastar um vereador corrupto. O STF não consegui prender os membros do mensalão e vivemos uma ditadura ppetista
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Silvério Biré 31/08/2013 09:33
Nossa "casa do povo" constitui-se hoje na "casa do Cid" ele manda e desmanda e a quase totalidade dos deputados dizem amém. O coisa ridícula!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
lucilene 31/08/2013 09:05
digite seu comentário
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Klunk 30/08/2013 21:02
Heitor Férrer,larga esse trem de mão.Não adianta nada.Tudo o que o Cid disser,os deputados fazem,já que a maioria deles é da base governista.Se Cid manda aprovar,"aprove-se" ou não.x.x.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Bruna DE Sousa 30/08/2013 18:54
O jornalista Ricardo Boechart chamou o CID de canalha e corruto, o cara gasta 650,000,00 num show de inauguração de um hospital..pense num povo pra votar ruim é cearense...luiziane, cid, dilma e por ai vai.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
9
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS