Doação de campanha 01/09/2012

PT aposta em militância contra falta de recursos

Campanha de Elmano não tem arrecadado doações compatíveis com os gastos já feitos com propaganda eleitoral
Compartilhar


Faltando 37 dias para o primeiro turno das eleições municipais, a campanha do candidato a prefeito de Fortaleza pelo PT, Elmano de Freitas, arrecadou pouco mais de R$ 5 mil. O valor não chega a 1% dos R$ 11,5 milhões prospectados pelo partido para financiar a campanha até o início de outubro. Se a arrecadação caminha a passos lentos, os gastos com propaganda estão em ritmo avançado. “Agora no começo, é natural que a gente tenha mais dívida do que receita”, minimizou o tesoureiro da campanha petista, Marcelo Fragoso, em conversa com O POVO.


O cenário não se limita à campanha do PT em Fortaleza. Na capital paulista, o candidato do partido, Fernando Haddad, enfrenta situação semelhante. Os valores arrecadados estão bem aquém do que estimava a direção petista. Uma reunião com a cúpula do PT já teria acontecido para discutir a situação. Na ocasião, o presidente do partido em São Paulo, Edinho Silva, teria relacionado a baixa arrecadação ao julgamento do Mensalão e à CPI do Cachoeira.


Em Fortaleza, entretanto, a justificativa não se aplica. Aqui, o próprio tesoureiro de Elmano admitiu que tanto o caso Mensalão quanto a CPI passam ao largo das discussões políticas locais. Para ele, a arrecadação do PT está baixa porque “o partido teve pouco tempo para atrair doações”. Otimista, ele garante que o PT conseguirá angariar recursos suficientes para pagar os custos da campanha até outubro. “A gente estabelece uma meta. Dificilmente ela é alcançada. A arrecadação vai acontecer aos poucos, no decorrer da campanha”, aposta.


Ao O POVO, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, defendeu a tese de que, tanto em Fortaleza quanto em São Paulo, os doadores estão esperando a evolução das pesquisas para soltarem o dinheiro. Ele reconhece que as campanhas já gastaram mais do que o que foi arrecadado, mas não trata o caso como crise nacional do partido. “Apesar dos recursos financeiros serem necessários, a militância tem papel muito importante também”, desconversou.


Na contramão da baixa arrecadação, a campanha petista Brasil afora é das que mais tem gastado. Em Fortaleza, a propaganda eleitoral do candidato Elmano de Freitas é uma das mais poderosas, comparada somente à campanha do candidato do PSB, Roberto Claudio. Este último, no entanto, já recebeu recursos de pelo menos cinco doadores, acumulando montante de quase R$ 1 milhão.


Para os adversários de Elmano, os gastos do PT na campanha à Prefeitura de Fortaleza são desproporcionais. “O que espero é que a Justiça Eleitoral faça o papel dela”, alfinetou o candidato a prefeito pelo PSDB, Marcos Cals. Coordenador da campanha de Roberto Claudio e irmão do candidato do PSB, Prisco Bezerra diz que se os gastos na campanha de seu partido também estão altos é porque as doações estão cobrindo os custos.

 

E agora


ENTENDA A NOTÍCIA


Com estrutura de campanha comparada somente à do PSB, a candidatura de Elmano de Freitas não tem arrecadado doações tão volumosas quanto os gastos já feitos e previstos inicialmente.

 

SERVIÇO

 

Para ter acesso à prestação de contas de cada candidato, acesse: http://www.tse.jus.br/eleicoes/repositorio-de-dados-eleitorais

 

Compartilhar
espaço do leitor
AUGUSTO CESAR CARNEIRO COLARES 03/09/2012 07:54
ESSE JORNAL O POVO TÁ TRABALHANDO PRA ESSE FRACO CANDIDATO DO GOVERNADOR. MAS VÃO AMARGAR PUBLICAR ELMANO PREFEITO EM NOVEMBRO. OS MAIS UMILDES AGRADECEM.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
AUGUSTO CESAR CARNEIRO COLARES 03/09/2012 07:53
DEPOIS QUE A MULHER MOSTRA AS OBRAS NA TV, E LEMBRA O POVÃO, COM CERTEZA ELMANO GANHARÁ. O VOTO DA MAIORIA POBRE É DELE. TODAS AS OBRAS DE LUIZIANNE VISOU OS MAIS CARENTES, E É NESSE QUE VOTARÃO.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Leonelzinho do Bolsa Família 02/09/2012 12:21
Pesso que as pessoas procurem se informar do verdadeiro motivo do abandono de Fortaleza.Está no site do IBGE que nos últimos 10 anos a arrecadação de Fortaleza cresceu 59,5% enquanto a população cresceu 14%. O problema é que nesse período diminuiu muito o investimento em saúde, educação e infra-estr
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Marcos Bentes 01/09/2012 21:22
E a do Roberto Cláudio? O Jornal OPOVO pode morrer de desejar, mas não vai ver Roberto ganhar. Podem se conformar!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
daniel 01/09/2012 13:14
Fala sério.. o PT tem dinheiro do mensalão, DNIT (Cachoeira) e Banco do Nordeste para as próximas 8 campanhas, só vão jogar em cima da eleição comprando voto!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
11
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS