Escalada 26/09/2011 - 01h30

Para corajosos

Escalada esportiva tenta ganhar espaço na Capital
FOTO: ETHI ARCANJO
Não é preciso ser atleta para começar a praticar a escalada. Bastam equipamentos próprios e coragem

O caminho é longo, cheio de barreiras. É preciso concentração, estratégia e força nos braços e nas pernas. Se assim não for, o desafio de chegar ao topo pode se perder no meio do caminho. Assim é a escalada esportiva. A atividade ainda é pouco praticada na Capital. Mas, de obstáculo em obstáculo, vem ganhando adeptos.

 

No fim de semana, no ginásio Paulo Sarasate, a segunda etapa do Campeonato Cearense de Escalada Esportiva conseguiu sobrepor mais uma barreira. “Temos dificuldade de locais onde praticar”, diz o vice-presidente da Federação Cearense de Montanhismo e Escalada, Marcos Arsênio.


Apesar da dificuldade de espaço para escalar, não é preciso ser atleta. O professor de educação física, Robson Lins, 25, praticante desde 2000, dá dicas. Capacete, sapatilha, cadeirinha (equipamento que veste na cintura) e bicarbonato de magnésio - pó para absorver o suor das mãos - são fundamentais.


O “mosquetão”, gancho que segura o escalador na cordas, também é importante. E para conseguir chegar ao topo? “Atitude e força de vontade”, recomenda Robson. “Tem que perder o medo”.


PRÓXIMA ETAPA

Etapa final do Campeonato
A última etapa será realizada nos dias 26 e 27 de novembro. O local ainda não foi definido

21
Atletas na segunda etapa da competição
Na primeira etapa, realizada no Halleluya, em julho, apenas dez atletas participaram

SERVIÇO
Onde praticar?
No Cascatinha, em Maranguape, às terças e quintas-feiras, a partir das 15 horas . Gratuito.
No Paulo Sarasate, na próxima quarta-feira, às 18 horas. Mais informações: www.gebp.org.br

Gabriela Meneses gabrielameneses@opovo.com.br
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor no:
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS