Ônibus 21/01/2016

Assaltos a ônibus aumentaram 30% no segundo semestre de 2015

Entre julho e dezembro, 867 roubos a coletivos foram registrados em Fortaleza. Trabalhadores do transporte protestaram contra casos de violência após cobrador ser baleado
notícia 0 comentários
{'grupo': 'Especial para O POVO', 'id_autor': 16431, 'email': 'thiagopaiva@opovo.com.br', 'nome': 'Thiago Paiva '}
Thiago Paiva thiagopaiva@opovo.com.br

Motoristas e cobradores de ônibus realizaram uma manifestação, na tarde de ontem, no Terminal da Messejana, contra a violência no transporte público. O ato, que durou cerca de uma hora, foi deliberado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Ceará (Sintro) após um cobrador da linha 613 - Barroso/Jardim Violeta ser baleado em tentativa de assalto, na última segunda-feira, 18.

 

O caso não é isolado. No segundo semestre do ano passado houve, em média, quatro registros de assalto a ônibus por dia na Capital. Os assaltos aumentaram 30% no período com relação aos últimos seis meses de 2014. A Capital não registrava crescimento na estatística desse tipo de crime desde janeiro de 2014.


Entre julho e dezembro do último ano, 867 roubos a coletivos foram registrados na Cidade. No mesmo período de 2014, foram 554 ações. No acumulado do ano, porém, 2015 manteve queda de 4%. Isso por conta da redução obtida entre janeiro a junho, de 23%. Em números absolutos, as ações criminosas caíram de 1.716, em 2014, para 1.439, em 2015.


As estatísticas são do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Fortaleza (Sindiônibus). A maior alta registrada no segundo semestre se deu no mês passado, quando os casos cresceram 36%. Dezembro também registrou o maior número absoluto de assaltos, com 185 crimes.


Prevenção

O POVO procurou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para saber quais providências seriam adotadas para prevenir os assaltos. Responsável pela operação Coletivo Seguro, o titular da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol), delegado Fernando Menezes, afirmou que a secretaria fará um novo mapeamento sobre a incidência dos crimes.

 

“Estamos analisando as áreas em que houve aumento das ações para que o planejamento seja readequado. Sabemos que o crime migrou para áreas que a operação não abrangia com intensidade. Isso será corrigido. Nosso objetivo é garantir o ir e vir das pessoas, com tranquilidade”, assegurou.


Menezes também afirmou que a ação, realizada pela Polícia Militar e Civil, e que teve início em fevereiro de 2014, também tem foco na segurança das paradas de ônibus, com o apoio da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF). (colaborou Eduarda Talicy)

 

867 roubos a coletivos foram registrados entre julho e dezembro de 2015

 

30% foi o aumento de assaltos no segundo semestre, em comparação com 2014

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Página Cotidiano