TELEFONIA MÓVEL 03/10/2012 - 10h54

Anatel estuda eliminar taxas de ligações entre operadoras diferentes

Compartilhar

O preço das ligações entre operadores diferentes pode sofre alteração devido a uma medida da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que visa aumentar a concorrência entre as diferentes companhias de telefonia celular. Segundo reportagem do jornal Folha de São Paulo, o órgão pretende acelerar a redução das taxas cobradas e até eliminá-las, se for o caso.

Desde o início do ano, a Anatel vem reduzindo gradualmente a cobrança de interconexão, que passou de R$ 0,42, em média, para R$ 0,36; e deve cair para R$ 0,33, em 2013; e para R$ 0,31, em 2014.

Ainda de acordo com a reportagem, o assunto é discutido há cerca de 10 anos e deve, finalmente, entrar em pauta no conselho da agência em um mês. O apoio do governo vai facilitar a aprovação da maioria dos conselheiros em relação a essa medida.

Com isso, a Anatel pretende combater o chamado “efeito clube”, que consiste na concentração de usuários e amigos na mesma operadora, uma vez que, atualmente, 80% das chamadas de telefonia móveis são para clientes da mesma companhia.

O fim da tarifa de interconexão significa reduzir a lucratividade das empresas (em 2011, as operadoras arrecadaram R$ 20 bilhões com isso) e acabaria com um importante instrumento para fidelizar clientes.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Bernardo 03/10/2012 11:44
Deveriam existir duas regras: 1 - Divisão da receita da ligação, favorecendo a origem mas, sem que a operadora destino destino tenha prejuízo 2 - Proibição de preço diferenciado para o mesmo serviço. Assim você tem aumento da concorrência sem prejuízo as empresas menores ou iniciantes.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Brasil

Powered by Feedburner/Google