15/06/2015 - 13h30

Gianetti defende financiamento da exportação de serviços como projeto de Estado

notícia 0 comentários
Compartilhar

O economista e sócio da Kaduna Consultoria, Roberto Gianetti da Fonseca, criticou nesta segunda-feira, 15, o caráter ideológico que passou a envolver as discussões acerca dos financiamentos públicos às exportações de serviços de engenharia. "Temos de acabar com essa demonização do financiamento às exportações de serviços", disse o economista, ex-secretário de Comércio Exterior do governo FHC.

"Que história é essa de se chegar no Senado e falar mal destes financiamentos por eles terem sido criados pelos presidentes Lula e Dilma? Isso tem que se tornar um projeto de Estado", disse o economista, durante participação de evento sobre exportações de serviços, em São Paulo.

Gianetti também não poupou críticas à interrupção, a partir de outubro, do pagamento de equalização. "Desde outubro, houve a interrupção do pagamento de equalização. Dizem que Proex (Programa de Financiamento das Exportações) acabou. Não acabou!", disse.

Segundo Gianetti, o Proex Equalização tem de ter confiança, precisa ser recuperado imediatamente. "Sem a confiança, que vai ocorrer regularmente, tiramos dos bancos estrangeiros a credibilidade que eles precisam ter no sistema financeiro brasileiro. A Fazenda não pode usar o ajuste fiscal de forma perversa e perder esse importante mecanismo de financiamento das exportações", disse.

ESTADÃO conteúdo

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google